Cotidiano

Uma vida com anos adicionais

Jair Rodrigues Garcia Júnior • 29/09/2018 04:44:00

Desde o nascimento até o derradeiro batimento de nosso coração, cumprimos uma jornada com uma variedade de significados. Cada um de nós, inquirido sobre quais são as prioridades na vida, seria apto a elaborar uma lista. Alguns itens certamente apareceriam em quase todas as listas: família, amigos, Deus/espiritualidade, trabalho e saúde, por exemplo. Além das prioridades, temos em mente também alguns objetivos. Entre seus objetivos estão manter uma boa saúde, uma boa qualidade de vida e viver durante muitos anos? Sendo a sua resposta um sim, certamente você almeja a longevidade. Esta é definida com o prolongamento da idade além da expectativa de vida. Estatisticamente, os brasileiros vivem em média até os 75,8 anos. Passando desta idade, pode se considerar um longevo.

É curioso que, aos 20, 30 ou 40 anos, poucos pensem na longevidade ou mesmo como será sua saúde e qualidade de vida aos 70, 80 ou 90 anos, se chegar lá. No entanto, as escolhas e ações durante a juventude e meia-idade influenciam muito a saúde e o número de anos até o derradeiro batimento do coração. A lista de fatores determinantes da longevidade é numerosa, porém dois que são considerados muito importantes e “estão sob nosso controle” são: alimentação e exercício físico. Sobre os alimentos, é prático dividi-los em dois grupos: os maus (açúcar, farinha de trigo e derivados, gorduras saturadas, carnes gordas e embutidos, por exemplo) e os bons (vegetais de todos os tipos crus ou cozidos, peixe e carnes magras, sementes e oleaginosas como castanhas, nozes e amêndoas, por exemplo).

Neste sentido, os refrigerantes e bebidas açucaradas, pães brancos e massas consumidos diariamente, e alimentos ricos em gorduras saturadas (carnes gordas de qualquer espécie, banha, bacon, linguiças, manteiga e óleo coco – isso mesmo) são causadores de um estado de inflamação sistêmica com grau médio ou elevado. Esse estado de inflamação, juntamente com o sobrepeso ou obesidade que normalmente estão associados, provoca e agrava as doenças crônicas (diabetes, dislipidemia, síndrome metabólica, aterosclerose, Alzheimer, cânceres, etc) que não permitem a longevidade. Por outro lado, dietas semelhantes à Mediterrânea e à Dash, com muitos vegetais, fibras e fontes de ácidos graxos ômega-3 (sementes e oleaginosas), previnem as doenças mencionadas acima e contribuem para a longevidade.

No que tange ao exercício físico, há comprovação científica que o sedentarismo é um fator de risco e as pessoas pouco ativas, em média, morrem antes daquelas que realizam mais atividades com seus músculos. Justamente estes, podem ser considerados os “catalisadores” de órgãos e sistemas fisiológicos mais eficientes e saudáveis, pois há entre todos uma relação de interdependência. Músculos que se contraem mais intensamente e com mais frequência (exercício físico regular) estimulam mais a atividade do coração, do fígado, dos rins, do sistema imune e até do cérebro.

Portanto, com o exercício, não apenas os músculos, mas todos os órgãos, tecidos e sistemas também se adaptam de maneira benéfica para a saúde. O fato de haver diminuição do tecido adiposo (onde é armazenada a gordura) é um dos importantes aspectos. Outro é a produção, justamente pelos músculos ativos de maiores quantidades de miocinas, que são proteínas controladoras do grau de inflamação sistêmica. Mantendo baixo esse grau, o risco das doenças crônicas é menor e o potencial de longevidade aumenta significativamente.

Recentemente, faleceu o psicólogo Walter Mischel, eminente pesquisador do que ficou conhecido como “recompensa posterior” (comer um marshmallow imediatamente ou aguardar algum tempo e ganhar o dobro para comer). Considerando a recompensa posterior como uma vida com melhor saúde e maior longevidade, os adultos jovens e de maia idade deveriam optar por abrir mão de alguns prazeres imediatos (em geral as comidas e sobremesas mais saborosas, e as bebidas), para adotarem dietas nutritivas e funcionais (previnem doenças) como a Mediterrânea e a Dash, além de um estilo de vida ininterruptamente ativo.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste