A roda da vida

 05/09/2017 11:20:39  - Walter Roque Gonçalves

A busca por prosperidade pode estar no equilíbrio entre relacionamentos, entretenimento, dinheiro, saúde e família. Veja que o dinheiro está incluído, mas, não somente. A busca do equilíbrio destes aspectos é refletido num modelo conhecido como Roda da Vida e na forma com que esta gira e nos traz ou não contentamento. Afinal, do que servirá o dinheiro sem a saúde, família e relacionamentos? E, como desfrutar plenamente destes aspectos da vida sem dinheiro nenhum?

Segundo autores como o americano T. Harv Eker autor do livro “Os Segredos da Mente Milionária” e, Reinaldo Domingos, Napoleon Hill, Gustavo Cerbasi, Marcia Dessen entre outros, o segredo está nos modelos mentais que regem a nossa forma de pensar e agir sobre prosperidade do que qualquer outra coisa. Ou seja, no modelo mental que conduz as ações de ganhar, poupar e gastar o próprio dinheiro.

É interessante que quando os especialistas falam sobre prosperidade, referenciam o equilíbrio entre fatores citados no início do artigo, isto é mais importante do que focar apenas no dinheiro, segundo eles. Por exemplo, na área de entretenimento talvez o orçamento de uma família permita viajar para a Europa, enquanto outra terá que ir ao clube de campo mais próximo. Não importa! O que importa mesmo é manter a qualidade de vida, independentemente de quanto se ganha ou tem acumulado até o momento.

Posto estes princípios, é importante entender que os modelos mentais citados pelos autores são como um termostato de ar-condicionado. Quando este for configurado a 22 graus, por exemplo, fará com que o aparelho ligue e desligue de forma a manter temperatura ambiente neste patamar. Este mesmo efeito é criado pelos nossos modelos mentais. Por exemplo, um indivíduo que ganha R$ 1 mil por mês e gasta R$ 1,1 mil, a tendência é gastar 11 mil quando passar a ganhar 10 mil reais. Veja que, neste caso, ganhar mais dinheiro não resolve o problema desta pessoa!

Por fim, a consciência de que o modelo mental existe e precisa ser melhorado é mais do que meio caminho andado. O restante da mudança está no autocontrole e no esforço diário para melhorar a forma de pensar e agir sobre dinheiro e prosperidade. Somente ao buscar o equilíbrio, o verdadeiro sentido de prosperidade e felicidade é encontrado e, desta forma, a Roda Viva passa a girar cada vez melhor e mais rápido.

Comentário