Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Você incentiva a criança à leitura?

  • 25/04/2019 07:30
  • Papai Educa

Quando pequeno, era apaixonado por gibis. E ainda sou. Os livros, na sala de biblioteca escolar, cheios de ilustrações, não estavam entre os mais acessíveis! Uns nem para o meu canto eu podia levar. E ler sempre foi um dos meus maiores encantos. Tudo que eu achava pela frente, devorava, pois eu quase não os tinha em casa, exceto os escolares obrigatórios. Na vovó, as férias me davam a chance de fuçar na velha estante de madeira, que ainda está por lá. Enciclopédias, coleções de livros infanto-juvenis, romances... Escolher o estilo literário era luxo. O desejo era ler.

Antes dos filhos, eu lia média de 20 títulos no ano. Hoje, talvez eu até leia mais, mas a maioria deles é para eles, os infantis, os que os fazem mergulhar em histórias, navegar na imaginação e explorar a criatividade. Em cada obra, algo sempre permanece em nós, não só por seu contexto, nas entrelinhas daquela história, mas pelo momento que desfrutamos juntos nesta deliciosa aventura da leitura. Vozes e comunicação corporal nos carregam dali, nos levam de nós mesmos em uma viagem ilimitada de imaginação.

Atualmente, os preços dos livros se popularizaram e eles são encontrados em diversos estabelecimentos comerciais, feiras e afins. O cenário favorece o acesso e fomenta o hábito de ler, fator determinante no desenvolvimento da criança, na ampliação dos seus conhecimentos, senso crítico, segurança e autonomia para uma vida feliz e segura. E, nós, pais, temos a função de criarmos oportunidades para que os filhos se descubram leitores. Além disso, devemos acompanhá-los de perto neste mergulho na literatura, observando interesses, sanando dúvidas e incentivando ainda mais o caminho sem volta.

Não existe segredo. É preciso exercitar o hábito longe dos celulares e dispositivos móveis, incentivar com o exemplo, compartilhar a leitura, comprar obras de interesse da criança, visitar eventos culturais, feiras e bibliotecas, espalhar livros pela casa, fazer o uso de fantoches... Permitir que, neste investimento de tempo e disposição, sejam abertas as portas de um novo mundo.

***

dicas de leitura

Deixa eu te contar, menino/menina

“Menina e menino, este livro foi escrito de todo o meu coração direto para o coração de vocês. Foi escrito para você aprender a se comunicar com ele. Eu sei, eu sei, coração não fala, mas ele bate! Procure ouvi-lo. Ele bate o tempo todo dizendo que você é livre para sentir todas as emoções, para brincar do que tiver vontade, para se permitir ser forte e frágil também. O seu coração bate a todo o instante dizendo que você é lindo, perfeito e especial do jeitinho que é. E se você ficar atento a cada tum tum, vai perceber que o mais forte insiste em dizer que você nunca deve parar de sonhar. Um beijo, Thaís”. O livro reúne duas histórias.

 

Ficha Técnica

Autor: Thaís Vilarinho

Ilustração: Raíssa Bulhões

Editora: Editora Ciranda Cultural

Páginas: 32

Preço: R$ 29,90

 

 

O grande mistério das galinhas

Na Fazenda Campainha, as galinhas estão desaparecendo misteriosamente! Quando o raposo é acusado de roubar as galinhas do fazendeiro Beto, ele decide bancar o detetive e sai de fininho à noite para pegar o culpado, mas tem uma grande surpresa no galinheiro. O que será?

 

Ficha Técnica

Autor: Melanie Joyce

Ilustração: Kirsten Collier

Editora: Editora Ciranda Cultural

Páginas: 24

Preço: R$ 19,90

 

***

 

Livros com desconto

Leitores desta coluna tem 25% de desconto na aquisição de livros no site www.cirandacultural.com.br, da Editora Ciranda Cultural, com o uso do código PAPAIEDUCA25 no ato da compra. A Ciranda Cultural promove uma campanha de incentivo à leitura neste ano. A ideia é que as pessoas doem livros a crianças desconhecidas para que mais pessoas tenham acesso aos livros e estas obras não parecem de circular. Use as TAGs #eucompartilholivros e #cirandacultural2019 ao participar da ação e compartilhar em suas redes sociais.

ÚLTIMAS DO AUTOR

Perdoe-o!

  • 22/06/2019 11:38
Arquivo Pessoal

Carcaças de nós mesmos

  • 15/04/2019 08:00
Arquivo Pessoal

O que vou ganhar de Natal?

  • 24/12/2018 05:48
Papai Educa

Papai Educa

Canal voltado a debater e fomentar a paternidade ativa, focado na importância da participação do pai na criação e educação dos filhos. A proposta é desmistificar estereótipos de que o homem deve ser apenas provedor financeiro do lar, mas dividir as tarefas com a mamãe nos mesmos pesos e medidas. Leandro Nigre é pai, jornalista, especialista em Mídias Digitais, editor-chefe de O Imparcial, e idealizador do Papai Educa www.papaieduca.com.br. Contato: papaieduca@gmail.com

PUBLICIDADE