José Reis - Comerciantes relataram que as compras não superaram o mesmo período no ano passado

Foto: José Reis - Comerciantes relataram que as compras não superaram o mesmo período no ano passado

PRESENTES

Véspera do Dia das Mães movimenta comércio

Mesmo com o alto fluxo de pessoas, comerciantes relataram que as compras não superaram o período no ano passado; mas, alguns setores ganharam destaque

  • 12/05/2019 04:30
  • WEVERSON NASCIMENTO - Da Reportagem Local

Na véspera do Dia das Mães, celebrado hoje, o impacto nas vendas de última hora, que ocorre habitualmente, em datas festivas, “aqueceu” o comércio prudentino. Porém, mesmo com ao alto fluxo de pessoas, os comerciantes relataram que as compras não superaram o mesmo período no ano passado. A reportagem percorreu o calçadão e um shopping de Presidente Prudente e constatou que as principais escolhas na hora de presentear foram os itens, perfumarias, cosméticos, seguidos das lojas de vestuário e calçados, assim como as floriculturas, que atraíram os consumidores em busca do presente ideal.

A proprietária da Blessed Shop, Renata Guiliene Magalhães, 28 anos, disse que neste ano a demanda de vendas foi menor e considera que durante a semana, as compras foram destinadas para o consumidor final e com baixa procura de presentes para as mães. “Mas até o final do dia, queremos superar as expectativas”, diz a empresária.

Na loja de vestuários Forró Confecções, a proprietária Maria das Graças Ferraz, 65 anos, relatou que até o momento da reportagem calculavam uma queda de 10% nas vendas, se comparado a 2018. “Hoje parece que os filhos estão mais moderados em presentear, mas isso não é só aqui, é em um todo, o comércio sente isso”.

Mas este cenário foi diferente na loja By Marcia França, segundo a proprietária Marcia França, 54 anos, as vendas foram positivas nas vésperas do Dias das Mães e considera que no setor de perfumaria superou em 30% as vendas se comparadas ao ano passado. “Todos procuram um produto que agrade, mas também que caiba no bolso, mesmo assim sempre levam”, pontua.

Em um shopping de Prudente, o fluxo de vendas apresentou ser mais positivo. A operadora de caixa da B1 Calçados, Sandra Hara, 40 anos, disse que estava confiantes de que neste ano superariam as vendas, porque desde quando abriram as lojas, as compras estavam em alta.

Flores

Presentear com flores faz o setor abastecer os estoques e preparar o comércio. A atendente da Floricultura Pruden Flora, Ediyne Savalio, 38 anos, relata que o movimento no estabelecimento foi positivo principalmente pela internet via Whatsapp ou site. Segundo ela, este tipo de disponibilidade em que o cliente tem a comodidade de realizar a compra sem sair de casa, traz para unidade, uma das melhores em vendas do ano. Quanto aos presentes especiais para o Dia das Mães, a maior saída foi de flores cultiváveis, como orquídeas e azaleias.

Na Floricultura Primavera, o gerente José Francisco Nehring, 60 anos, relata que, no setor, as vendas estavam dentro da expectativa. Na loja, o gerente diz que, na data, sempre trabalha com estoque maior em relação aos outros dias, porque a procura inicia durante a semana e acontece com mais intensidade na véspera e também no Dia das Mães, pois a unidade abre para o consumidor.  

Hora de presentear

Mesmo diante de promoções que buscavam atrair os clientes para a compra, alguns clientes não estavam satisfeitos com os preços. A dona de casa Alzira Maria de Oliveira, 59 anos, foi até o calçadão e comprou um liquidificador para sua mãe. Segundo ela, comprou somente para a data não passar em "branco", porque mesmo com promoções os preços não mudaram.

Há também aqueles que deixaram para a última hora para levar o presente. Com isso, a procura nas vésperas da data fez Franciele de Oliveira Escarelli, 17 anos, percorrer por várias lojas para encontrar o presente ideal para sua mãe.