Venceslau estreia com derrota em casa pela LBF

NÃO DEU Equipe não consegue bater o único time 100% do campeonato e tem o terceiro revés seguido na competição

JULHIA MARQUETI - Especial para O Imparcial • 06/02/2018 11:57:06

A estreia em casa não foi de acordo com planejado pelo elenco do Basquete Venceslau. Tentando reencontrar a vitória, quem fez morada mais uma vez foi a derrota. O jogo disputado no domingo, contra o Vera Cruz, marcou mais um início bom da equipe venceslauense, que não conseguiu manter o alto rendimento contra o time de Campinas, único com 100% de aproveitamento na LBF (Liga de Basquete Feminino). O revés já é o terceiro seguido na competição. A partida terminou em 73 a 67 para o visitante, e o time de Presidente Venceslau fechou a quinta rodada na 6° colocação, com sete pontos e 40% de aproveitamento.

A partida começou com Venceslau abrindo 5 a 0 no placar, com uma breve virada do Vera Cruz, mas com as donas da casa melhores e sabendo explorar os erros da equipe visitante, que sentiu um pouco a maratona que faz desde sexta-feira, até chegar a cidade. Limitando Campinas a apenas 10 pontos no segundo período, Venceslau aproveitou o impulso do bom público presente ao Ginásio Municipal de Esportes José Francisco Abegão para abrir 10 pontos por um momento e fechar a primeira etapa vencendo por 35 a 27.

 

“O grupo lutou, sabíamos da dificuldade e qualidade de Campinas. Estamos em evolução e acredito em boas partidas nesta sequência de jogos em casa”

Izabela Andrade,

ala/pivô do Basquete Venceslau

 

A equipe ainda esteve à frente durante boa parte do terceiro quarto, mas Campinas acompanhou de perto e virou a 30 segundos do fim. Mais intenso, o Vera Cruz aproveitou o momento para tomar as rédeas da partida. Melisa Gretter, de 1,65 metros, conseguiu resgatar importantes posses de bola ao pegar três rebotes ofensivos.

Pela segunda vez, a apatia no terceiro período foi determinante para o resultado, segundo Izabela, cestinha venceslauense na partida. “Fizemos um 3º quarto ruim, más escolhas no ataque e com isso a defesa também não se segurou. Precisamos redobrar a atenção na volta do intervalo pra que isso não volte a acontecer. Mas o grupo lutou, sabíamos da dificuldade e qualidade de Campinas. Estamos em evolução e acredito em boas partidas nesta sequência de jogos em casa”, analisou a ala/pivô, que também lidera a equipe na competição em pontos.

Presidente Venceslau tem agora onze dias para fazer os ajustes para o próximo compromisso, no dia 15, em casa, contra o Sampaio Basquete, do Maranhão. De acordo com a Assessoria de Imprensa da equipe, os treinos retornam a partir de quarta-feira e o elenco não terá folga no carnaval, já que no dia seguinte ao feriado ocorre o jogo decisivo.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste