Weverson Nascimento - Varal de Poemas pode ser visto até hoje no Teatro de Arena

Foto: Weverson Nascimento - Varal de Poemas pode ser visto até hoje no Teatro de Arena

EM PRUDENTE

Varal de Poemas promove reflexão

Edição deste ano traz uma homenagem ao Dia Internacional das Mulheres e objetivou promover a criação de laços afetivos entre os participantes

  • 06/03/2020 07:29
  • GABRIEL BUOSI - Da Reportagem Local

Hoje é o último dia de uma ação que conseguiu trazer momentos de reflexão para as pessoas que passaram ao longo desta semana pelo centro de Presidente Prudente. A iniciativa, intitulada de Varal de Poemas, traz na edição deste ano uma homenagem ao Dia Internacional das Mulheres, celebrado em 8 de março, e objetivou promover a criação de laços afetivos entre os participantes. A intervenção ocorre no Teatro de Arena, no início do calçadão, pelo lado da Avenida Coronel José Soares Marcondes.

Conforme o escritor, poeta e artista plástico responsável pela iniciativa, Nelson Ferreira dos Santos, conhecido por Nelson do Povo, o principal objetivo ao montar todos os anos esta ação é o de, de forma poética, fazer com que as pessoas olhem mais para dentro de si, mas também olhem para o próximo de forma diferente. “Precisamos de mais amor à vida, valorizar as mulheres da nossa sociedade e promover a gentileza. É um grito que dou para promover a reflexão”, aponta.

E nada melhor do que a arte, por meio dos poemas, para promover tal reação. Os participantes que por lá passarem, hoje, vão conseguir escolher um dos textos preferidos e levar para casa como forma de recompensa pela interação com a iniciativa. De acordo com Nelson, são mais ou menos 60 poemas e que foram escritos ao longo de sua trajetória e que estão prontos para ganhar um novo sentido, com uma nova pessoa.

“O retorno que tive ao longo desta semana foi incrível. As pessoas relatam contentamento e dizem que precisamos de mais iniciativas como essa. Fico feliz em poder fazer a diferença,”, aponta o responsável pelo “Varal de Poemas”. Ele não deixa de agradecer à Prefeitura pela oportunidade, em especial ao secretário de Cultura, Paulo Silvio Sanches, que possibilitaram a escolha do local, que para ele é democrático e recebe pessoas de todos os tipos, classes e cidades.

Foto: Weverson Nascimento

Nelson diz que é um grito pela reflexão: “Precisamos de amor”