Projeto de arquitetura Universitários pintam muro da Casa da Sopa

 13/08/2017  - OSLAINE SILVA

A A A

Desmistificando a ideia de que a arquitetura alcança apenas algumas classes sociais, estudantes do curso de Arquitetura da Unoeste (Universidade do Oeste Paulista) colocaram em prática, ontem, o que aprendem em sala de aula, realizando a pintura do muro da Casofa (Casa da Sopa São Francisco de Assis). A ação social denominada “A Chave da Felicidade” será estendida em vários pontos de Presidente Prudente. As crianças e jovens atendidos na entidade também puseram literalmente a mão na “tinta”. Como o estudante Erick Rodrigo Gouveia, 12 anos, que disse gostar do trabalho. “Não vou deixar ninguém estragar”, expôs orgulhoso o que estava fazendo.

Maria Gabriela Contre, 20 anos, uma das acadêmicas de Arquitetura, explica que este é um dos vários projetos de intervenção que a turma, com alunos do 5º, 6º, 8º e 10º termos, pretende fazer. Segundo ela, a atividade é importante porque trabalham muito com a arquitetura social e, assim, mostram que não só um edifício monumental é importante, mas também pequenas ações como esta com cores dando vida e agradando a comunidade local que também se envolve e cria um sentimento de pertencimento. “A parte emocional de estarem vendo que pode funcionar é muito bacana, mais que o material em si. Uma parte do muro em azul representa o céu e a outra a felicidade”, expõe Gabriela.

Outra aluna, Camila Siscoutto, 22 anos, comenta que esta é parte da realização do seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso): “Reforma e Requalificação da Casa da Sopa”. Inicialmente eu iria trabalhar sobre famílias carentes em situação de vulnerabilidade’, mas debatendo com os professores, aqui no bairro tem toda uma questão que vai muito além do que imaginamos. Hoje desenvolvemos nesse muro desenhos que remetem à educação, cultura e à felicidade das crianças”, salienta.

A coordenadora da entidade, Luciana Barros da Silva, 37 anos, comenta que a repaginação externa da casa vai deixa-la ainda mais aconchegante e, unir comunidade, a entidade e os universitários é bom para todos. “Para nós, isso é muito gratificante, pois dá uma visão diferente para tudo que existe aqui”, ressalta.

 

Parceria importante

A ação é uma parceria do curso de Arquitetura com o Rotaract Club de Presidente Prudente Sul e a Global Planejamento, que juntos pretendem dar uma cara nova a alguns locais da cidade. Gabriela acentua que a ideia é mostrar mesmo que a arquitetura pode e deve ser empregada para todos, por meio da arquitetura social.

Comentário