Unidades prisionais iniciam saídas temporárias

“Saidinhas”, como são conhecidas, são referentes ao Dia das Mães e começaram em algumas penitenciárias da região na semana passada

GABRIEL BUOSI - Da Redação • 11/05/2018 20:22:10

As unidades prisionais da região de Presidente Prudente, desde a semana passada, contam com as saídas temporárias relacionadas ao Dia das Mães, comemorado amanhã. O benefício é garantido às pessoas encarceradas no regime semiaberto, mas não há, até o momento, um balanço prévio de quantos são os detidos que ganharam o benefício.

A saída temporária, conforme já noticiado por este diário, segundo o TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo), é um benefício garantido pela Lei de Execuções Penais. Em contato com o Tribunal, para coletar os números referentes à 5ª RAJ (Região Administrativa Judicial), a reportagem foi informada de que os dados devem ser repassados pela SAP (Secretaria da Administração Penitenciária).

A pasta, no entanto, alega que, por medida de segurança, não fornece as informações previamente de quantidade de unidades inseridas no benefício ou encarcerados que ganham a conhecida “saidinha”, sendo que apenas no retorno é permitida tal ação.

Algumas unidades da região, questionadas pela reportagem, afirmam já terem liberados os sentenciados para o benefício na semana passada, data que compreende entre os dias 4 e 8 de maio. São elas: CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Pacaembu; Penitenciária Wellington Rodrigo Segura, de Presidente Prudente; e Penitenciária Zwinglio Ferreira, conhecida como P1, de Presidente Venceslau.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste