PANORAMA

Unidades analisam busca por EAD e redução na modalidade presencial

Reportagem procurou unidades de ensino para repercutir o aumento de 2,27% no número de matrículas na modalidade EAD

  • 14/03/2019 05:02
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

Com a divulgação prevista para hoje do Panorama do Ensino Superior 2019, por meio do Semesp (Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior no Estado de São Paulo), a reportagem procurou unidades de ensino para repercutir o aumento de 2,27% no número de matrículas na modalidade EAD (Educação a Distância) e na queda, por sua vez, de 2,56% na modalidade presencial.

A Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), conforme a própria unidade, afirma ser a quarta universidade pública paulista criada, em 2012. Ligada ao Estado de São Paulo e vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a Univesp é credenciada pelo Conselho Estadual de Educação e possui licença do MEC (Ministério da Educação). Com cursos realizados exclusivamente na modalidade EAD, a unidade conta atualmente com aproximadamente 38 mil alunos matriculados em 330 polos distribuídos em 287 municípios. De acordo com a diretora acadêmica, Simone Telles, a crescente na modalidade de ensino é uma realidade vista com bons olhos e que traz reflexos na procura pelos oito cursos de graduação ofertados na universidade virtual.

“Em 10 anos, com dados consolidados pelo MEC, o crescimento de ingressantes no ensino a distância foi de 226%. São diversos os motivos que podem ser classificados para toda essa procura, como a mudança social, já que o ensino superior começa a fazer parte da rotina do cidadão brasileiro, e a necessidade de uma graduação em vagas de emprego ofertadas”, informa Simone.

Ela lembra que o EAD, há alguns anos, era visto por muitos como uma “descrença no ensino”, mas que, com a ajuda da tecnologia, evoluiu e permitiu que novas gerações e que já nasceram “imersas” na tecnologia viessem como uma oportunidade de crescimento. “Estamos chegando a um momento em que a fusão da presencial com a distância se tornará natural. Teremos uma integração de ambos e isso já não assustará mais”, finaliza. Na Univesp, 79,3% dos alunos têm mais de 25 anos.

Já para repercutir com universidades que ofertam o ensino presencial, a reportagem procurou duas unidades. Segundo a Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), existe, de fato, um crescimento nesta procura pela educação a distância, de forma que os cursos mais procurados, dentre os oito ofertados nesta modalidade, são os de Administração e Pedagogia. “Nas graduações presenciais, apesar da tendência contrária, a universidade continua investindo em expansão, já que além de Presidente Prudente, também está em Jaú e Guarujá, outras regiões paulistas, em busca de continuar contribuindo, por meio da educação, para o crescimento do país”. Atualmente, já são mais de 90 mil profissionais formados pela Unoeste.

A Toledo Prudente Centro Universitário, por sua vez, informou que a reitoria aguardará a divulgação oficial dos dados regionais, que deve ocorrer na manhã de hoje, para tomar ciência e realizar “as devidas avaliações”.