Cedida: Contraste entre a tecnologia e os livros tradicionais faz do evento uma viagem entre passado e futuro

Foto: Cedida: Contraste entre a tecnologia e os livros tradicionais faz do evento uma viagem entre passado e futuro

FLITPP 2019

Troca de livros é novidade no Festival Literário

Evento tem inicio em 10 de agosto e segundo organizador, é uma forma de Prudente mostrar resistência frente aos recentes cortes e contingenciamentos na cultura nacional

  • 01/08/2019 08:20
  • MARCO VINICIUS ROPELLI - Da Redação

O FLITPP (Festival Literário de Presidente Prudente) de 2019 ocorrerá no Centro Cultural Matarazzo, entre os dias 10 e 18 de agosto. O evento contará com uma programação extensa e variada, algumas permanentes, como a contação de histórias, música ao vivo, oficinas e exposição de cordel caipira e lançamento de livros na sala de convivência. Haverá ainda muitas outras oficinas e bate-papos, todos gratuitos, de diversos temas artísticos durante os nove dias do evento. Para ter acesso a toda programação basta entrar no site flitpp2019.com.br ou ficar ligado durante os dias do festival no jornal O Imparcial. A novidade deste ano é a troca de livros. A organização espera superar a média de público da edição do ano passado, 50 mil pessoas.

De acordo com o bibliotecário do Centro Cultural Matarazzo e organizador do Festival Literário Murilo Tomiazi Misael, 37 anos, o principal objetivo do FLITPP é fomentar a leitura e a escrita de obras literárias na região. Ele enfatiza que a realização de um evento cultural deste porte, como outros organizados pela Secult (Secretaria de Cultura de Presidente Prudente), é uma forma de mostrar resistência diante de um cenário nacional, no qual a cultura e a educação vêm sofrendo muito com cortes de gastos e contingenciamentos. “É uma forma de mostrar que a Secult reconhece a importância da literatura na sociedade, ela faz parte da comunicação, da compreensão, da educação”, completa Murilo.

A organização espera superar a média de público da edição do ano passado, 50 mil pessoas. Para isso, Murilo garante que fazem constantemente avaliações sobre os eventos realizados pela Secult. Nem sempre essas avaliações são totalmente positivas, mas isso é bom, deixa claro o bibliotecário, “São a partir dos problemas que encontramos modos de melhorar ainda mais”, pontua.

 

Troca de livros

Neste ano, o festival traz uma novidade, diferente de tudo que já foi realizado em anos anteriores. No dia 17 de agosto, penúltimo dia do evento, ocorre a primeira troca de livros, no boulevard do Matarazzo.

A ideia da troca é proporcionar a reutilização dos livros que poderão encontrar novos leitores, a socialização e a solidariedade, já que os exemplares poderão ser trocados entre os quaisquer pessoas que estiverem no festival na data e também entre o visitante e a própria biblioteca do Centro Cultural. A iniciativa também é importante para incluir aqueles que apreciam a leitura, mas que muitas vezes não possuem condições financeiras de comprar livros novos. É uma forma de humanizar ainda mais o Festival Literário de Presidente Prudente.

 

APE

Murilo também comenta sobre a parceria que há com a APE (Associação Prudentina de Escritores), com a finalidade de fomentar a produção literária prudentina e regional. Os associados, todos escritores da região, não pagam nenhum valor pelos trabalhos realizados no stand de livros, como a presença de um vendedor, ao contrario, recebem o valor integral pelas vendas. Além disso, são disponibilizados gratuitamente espaços para atividades como sessão de autógrafos e lançamentos.

 

Atendimento

De segunda-feira à sábado, o horário de atendimento do FLITPP é das 8h30 às 22h. Nos domingos o horário é das 14h até às 22h. Para as escolas que ainda não realizaram agendamento de visitação, basta agendar pelo site do evento ou ligar na Secretária de Cultura de Presidente Prudente e entrar em contato com o Murilo, ou Sônia Aparecida Costa Vilela, que também é organizadora da FLITPP 2019. Mais ifnormaçãoe, como programação completa, você pode acessar o link http://flitpp2019.com.br.