Arquivo - Rogério ocupará o cargo de secretário até 1º de fevereiro, quando retornará para a casa de leis

Foto: Arquivo - Rogério ocupará o cargo de secretário até 1º de fevereiro, quando retornará para a casa de leis

MUDANÇAS

Troca de cadeiras no Legislativo e Executivo

Na sexta-feira, o até então secretário municipal de Relações Institucionais, Rogério Galindo, pediu exoneração do cargo; com isso, vereador volta a ocupa a cadeira no Legislativo

  • 14/01/2020 05:08
  • THIAGO MORELLO - Da Redação

O até então secretário municipal de Relações Institucionais, Rogério Rufino Galindo Campos, eleito como vereador em 2016 pelo PSDB, pediu exoneração do atual cargo no Executivo na tarde de sexta-feira. Com a novidade, o parlamentar voltará a assumir seu antigo cargo no Legislativo. Conforme informações da Prefeitura de Presidente Prudente, “a partir de 3 de fevereiro, o senhor Emerson Leite Camargo” é quem ficará à frente da pasta.

Dia 3, pois Rogério ainda ocupará a atual função até o dia 1º de fevereiro, um sábado. Sendo assim, ele também retorna à casa de leis na segunda-feira, 3, data que também ocorre o retorno da 17ª Legislatura na Câmara Municipal do recesso de sessões ordinárias. O cenário também promove mudança no Legislativo, uma vez que o atual vereador, Wellington de Souza Neves, Wellington Bozo, que ocupa a cadeira no lugar de Rogério, retornará à suplência do PSDB.

Em nota, ao Executivo explicou que o pedido foi feito pelo próprio secretário e atendido pelo prefeito Nelson Roberto Bugalho (PSDB). “A Prefeitura manifesta sua gratidão pelos trabalhos desempenhados por Galindo à frente da pasta”, frisa. Por sua vez, o Poder Legislativo expõe que “vê com naturalidade esta mudança, que, além de estar em conformidade com a Carta Constitutiva do município,  faz parte da democracia”, complementa.

À reportagem, Galindo disse que está feliz com a decisão e que o tempo que ficou e ainda está à frente da pasta serviu “para um amadurecimento pessoal”, de modo que acrescentará no trabalho a ser desenvolvido como vereador até o fim deste ano. Questionado sobre tentativa de reeleição, ele respondeu que é cedo para comentar.