Trezentos

  • 03/11/2019 04:26
  • Sandro Rogério dos Santos

Comemoro o 300º artigo republicando o 1º (“inspirações para o ano novo”). Inspirado na fé cristã desejo manter o foco na Palavra do Senhor e a sintonia do meu coração e da minh’alma na voz d’Aquele que me ama e que me chamou para acompanhá-Lo a cada dia pelas estradas do mundo, rumo ao céu.

Inspirado nos pobres, desejo manter o meu coração confiante em Deus e necessitado dos outros. Saber precisar é prova da pobreza humilde cuja bem-aventurança o Senhor ensinou no evangelho.

Inspirado na Santíssima Virgem e nos místicos, quero silenciar o meu interior. Lugar habitado por Deus e de onde Ele se comunica comigo e com os que me rodeiam. Desejo que este silêncio seja rompido apenas para proclamar a Boa Nova e as boas novas.

Inspirado nos amantes da vida, não quero ir além do dia presente com os meus pensamentos. Hoje, desejo semear com a convicção de que nenhuma semente deixará de vingar a seu tempo; sei que usufruo dos frutos semeados por outrem no passado. Cada dia será vivido como se fosse o primeiro, o último e o único.

Inspirado no fluir da vida, não desejo estagnar em nenhuma paragem, senão somente avançar com confiança naqueles que me acompanham: Deus, família, amigos, paroquianos, leitores...

Inspirado nos vencedores, quero celebrar cada conquista, pois a cada dia existem aquelas inúmeras “pequenas” vitórias com quais encheríamos livros de tantas e tão especiais nobreza e beleza.

Inspirado na liturgia, desejo “eucaristizar” cada momento e nele trazer Deus para o chão da minha vida e viver no coração d’Ele.

Inspirado nos perdedores, quero lutar até o fim, sem entregar os pontos antes do apito final. Derrota suada também tem gosto de vitória; suor é sinal da luta, do esforço empenhado, ainda que por variegados motivos os frutos não tenham sido alcançados.

Inspirado no Mestre, desejo amar sem limites e fazer da Sua a minha vida. Minhas limitações serão vistas como desafios, não como muralhas intransponíveis e impeditivas da realização da minha missão.

A vida é arte que a cada dia acrescenta um traço, um ponto, uma palavra ou frase... enquanto tiver o direito de viver, terei a obrigação de fazê-lo bem. Deus estará comigo, todos os dias, até o fim! Haverá outras inspirações... A Deus confio este trabalho tal como uma página em branco. Ele escreva os acontecimentos. Anseio que ninguém saia da minha presença menor ou pior do que chegou! Obrigado.

Seja bom o seu dia e abençoada a sua vida. Pax!!!

ÚLTIMAS DO AUTOR

Con-viver

  • 08/12/2019 05:01

Advento

  • 01/12/2019 04:48

Dar tudo

  • 24/11/2019 04:21
Sandro Rogério dos Santos

Sandro Rogério dos Santos

Sandro Rogério dos Santos é pároco do Santuário Diocesano Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, situado no Jardim Maracanã, em Presidente Prudente.

Contato: padre@santuariosantateresinha.com

PUBLICIDADE