José Reis - Dez partidas marcaram ontem a estreia do campeonato, realizado pela LZB Esportes

Foto: José Reis - Dez partidas marcaram ontem a estreia do campeonato, realizado pela LZB Esportes

PRIMEIROS CONFRONTOS

Torcida anima Futsal de Menores do PUM, disputado em 3 categorias

Ao longo do dia, foram realizados 10 jogos, ao todo, pelo Sub-9, Sub-11 e Sub-13; partidas ocorreram simultaneamente, nas 4 quadras do Parque de Uso Múltiplo

  • 25/08/2019 07:20
  • THIAGO MORELLO - Da Reportagem Local

Sábado de manhã. Temperatura de 22º C. Sol agradável. Cenário perfeito para praticar esporte. E foi isso que fez ontem a molecada que disputa o Campeonato Municipal de Futsal de Menores 2019 de Presidente Prudente. Direto do PUM (Parque de Uso Múltiplo), o que não faltou foi animação, principalmente da torcida, com a arquibancada lotada, vibrando, torcendo e literalmente gritando pelos jogos inicias da competição. Ao longo do dia, foram disputados dez jogos, ao todo, pelas categorias Sub-9, Sub-11 e Sub-13.

E os confrontos ocorreram, simultaneamente, nas quatro quadras do PUM. Dentro ou fora delas, os participantes corriam e gritavam, formando uma atmosfera digna de Copa do Mundo. A Dirce Motta, 43 anos, por exemplo, era uma das que estavam ali, à frente da torcida. De longe, já dava para vê-la com os olhos atentos à quadra. “É muito bom vibrar por eles. Desse jeito eles jogam com mais vontade”, complementa.

Mas ontem, ela estava especificamente com a torcida ainda mais direcionada. Tia do Acácio Motta, 11 anos, Dirce não deixa de contar que faz o papel de tia coruja muito bem. Mesmo ainda no banco, ela não deixava de admirá-lo. “Hoje em dia as crianças ficam muito tempo em celular, computador, então, quando querem e gostam de fazer algo assim, um esporte, temos que apoiar e levar para os jogos, sim”, conta.

E na competição pelo Grêmio Ana Jacinta, Acácio ainda no banco já demonstrava uma vontade imensa de jogar. Como ele mesmo disse, “é muito bom participar do campeonato”, então, entrar em quadra e marcar gol era a vontade. Assim como o Heitor Ribeiro, 11 anos. Ao passo que a bola rolava na quadra, ele vibrava pelos outros times que estavam jogando, mas também ansiava por poder jogar logo. “Começou hoje, mas vamos jogar bastante ainda. Vai ser legal”, declara Heitor.

E mesmo quem não ia jogar, também ficou com vontade. “Confesso que vendo a molecadinha jogando assim dá vontade de entrar em quadra também. Mas hoje é o dia deles, e a gente tem que torcer por eles e incentivar”, argumenta Silvio Oliveira. Ele foi até ao local acompanhar o filho, Felipe, de 11 anos. “Desde ontem [sexta-feira], ele estava ansioso pra começar o campeonato. E eu também”, brinca.

O campeonato é uma realização da LZB Esportes e apoio do governo municipal, por meio da Semepp (Secretaria Municipal de Esportes).

Saiba mais

Dez partidas marcaram a estreia do campeonato. Pela categoria Sub-9, foram três jogos: PUM/Sesi  x  Grêmio Ana Jacinta, Casa da Criança/Watal  x Colégio Objetivo e Mário Amato/Praça da Juventude  x  Nissenji Futsal. Na Sub-11, também foram três partidas: Colégio Objetivo  x Casa da Criança/Watal, Brasil Novo  x  Mario Amato/Praça da Juventude e PUM/Sesi x  Nissenji Futsal. Já no Sub-13, quatro confrontos foram realizados: Nissenji Futsal x Mário Amato/Praça da Juventude, PUM/Sesi  x  Casa da Criança/Watal, Grêmio Ana Jacinta  x  Colégio Objetivo e Projeto Gol Eterno  x  Brasil Novo Futsal.

 

Foto: José Reis

Acompanhando o sobrinho, Dirce tomou conta da torcida

 

Heitor aguardava ansioso, às margens da quadra, para jogar