FUTEBOL AMERICANO

Times se unem para reerguer modalidade em Prudente

Prudente Coronéis e Prudente Renegados agora são um só: Prudente Thunders

Reprodução/Prudente Coronéis: Agora com uma equipe formada por 39 jogadores, time segue animado Reprodução/Prudente Coronéis: Agora com uma equipe formada por 39 jogadores, time segue animado

Desde meados de 2016, o cenário do futebol americano não era um dos mais agradáveis em Presidente Prudente. Por falta de jogadores, os times Prudente Coronéis e Prudente Renegados quase não disputavam partidas e campeonatos importantes, e por pouco não deram um ponto final em suas equipes. Em uma reunião aqui e outra ali, em julho deste ano, surgiu uma ideia que poderia reerguer o futebol americano da cidade: o Prudente Thunders, formado a partir da fusão dos dois times.

Agora com uma direção formada por André Elói Alves da Silva, Leandro Largueza e Claudemir de Camargo Fernandes, a equipe segue animada com o “novo” time, e após seis meses de treino já tiveram um amistoso no domingo, no Estádio Municipal Watal Ishibashi, no Jardim Rio 400. O confronto foi contra o time Golden Warrions de Pirajuí (SP), e teve o apoio da Semepp (Secretaria Municipal de Esportes de Presidente Prudente) e do Frigorífico Bon Mart.

“Normalmente um time leva dois anos para poder se desenvolver e competir, mas avaliamos a nossa defesa e ataque e vimos que seria possível um amistoso com seis meses de equipe montada”, fala Elói, que está bastante confiante com o pessoal. Ele estava há três anos a frente do Prudente Coronéis e conta que nos últimos anos, a equipe estava se “arrastando”. “Todo o trabalho que tínhamos não estava compensando, pois tínhamos poucos jogadores e não jogávamos nenhum campeonato, chegamos até pensar em parar”, relembra.

O Prudente Renegados surgiu em 2016, quando Leandro Largueza e outros amigos se juntaram e formaram o time. Embora houvesse muita vontade se levar a equipe adiante, a falta de suporte para sustentar o time era o problema. “A gente tinha muitos jogadores bons, mas o que faltava era os equipamentos e a estrutura para conseguir marcar os jogos”, conta Leandro.

 

Para 2019

Agora a quantidade de jogadores já não é mais um problema, pois hoje a equipe conta com 39 atletas. Por isso em 2019, o time busca correr atrás do tempo perdido e quem sabe disputar campeonatos importantes da modalidade, como a Super Copa São Paulo e a SPFL (São Paulo Football League) 2019. “Com esse novo time podemos aumentar nossa visibilidade e poderemos fazer jogos em casa, além de não termos que depender de chamar um pessoal de outras equipes para preencher lacunas da nossa”, declara.