Weverson Nascimento  - Simulador de chuva demonstra os impactos ambientais

Foto: Weverson Nascimento - Simulador de chuva demonstra os impactos ambientais

MEIO AMBIENTE

Simulador de chuva auxilia na conscientização ambiental

Estudantes da Escola Municipal Ivo Garrido tiveram acesso a um simulador de chuva que demonstra os impactos ambientais causados pelo escoamento da água

  • 07/06/2019 04:21
  • WEVERSON NASCIMENTO - Da Reportagem Local

Dando sequência às atividades da Semana do Meio Ambiente, a Semea (Secretaria Municipal do Meio Ambiente) promoveu ontem, em Presidente Prudente, uma apresentação do simulador de chuva para alunos da Escola Municipal Ivo Garrido. A atividade ocorreu na Codasp (Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo) e contou com a presença de 20 crianças. Durante a manhã de conhecimento, os alunos foram conscientizados sobre a poluição dos rios, o desmatamento das florestas, a degradação do meio ambiente, o problema das enchentes ocasionadas pelo acúmulo de lixo e o mais importante, a educação ambiental.  

O simulador é um equipamento preparado para produzir chuva de intensidade controlada, para simular uma situação em que é possível comparar o que ocorre quando há precipitação, simultaneamente, sobre a superfície de solo com algum tipo de cobertura vegetal e quando não tem a presença da área coberta.

De acordo com a engenheira agrônoma da Codasp, Priscila Fernanda de Mello Oliveira, de 31 anos, que acompanhou a visita técnica dos alunos, a importância da conscientização é impactar as crianças com o efeito didático do simulador e alertar para as consequências das nossas atitudes hoje no futuro. “É importante eles compreenderem que se a sociedade continuar desmatando, deixando o solo descoberto, irá faltar água, porque o lençol freático não será abastecido, então tudo é uma consequência”.

A ação do simulador visa demonstrar os impactos ambientais causados pelo escoamento superficial no solo, a importância da proteção do solo, rios e vegetações, interpretar e compreender, através do ciclo hidrológico, como se dá o processo de erosão, e conscientizar sobre as atitudes que podem contribuir para sustentabilidade.

Animação

Durante a visita, os alunos acompanharam uma animação visual que conscientizava sobre os “Três R’s” - reduzir, reutilizar e reciclar. No reduzir, o vídeo demonstrou maneiras para economizar, seja os recursos de energia, tempo de banho, uso do plástico e do papel. Reutilizar reforçou a utilização de materiais ou objetos que possam servir para um novo proveito, como as garrafas plásticas e o uso do verso de um papel.  Reciclar, por vez, ressaltou a importância da coleta seletiva de materiais e lixos orgânicos, transformados em outros produtos finais (reciclagem). Em uma segunda apresentação visual, os alunos puderam ter conhecimento sobre a importância da preservação do solo, visto que atualmente algumas indústrias esgotam para exploração de alimentos e matérias primas, além do grande crescimento populacional das cidades.

O estudante Guilherme Arthur Marcelino Santos, de 7 anos, relatou a importância de preservar  o meio ambiente. “Eu aprendi que não pode jogar lixo nos lugares, pois com a chuva ele pode poluir e ter enchentes, o que não é bom para a natureza e para as pessoas”, diz. A visita técnica também chamou atenção da estudante Isadora Lima da Silva, também de 7 anos. “Tem que cuidar da terra e não pode jogar o lixo na rua, tem que jogar lixo no lixo”, reforça a pequena.

Serviço

A Codasp recebe agendamento de escolas e instituições durante todo o ano. Para realizar uma visita basta entrar em contato pelo telefone (18) 3222-2777, ou através do e-mail pmello@codasp.sp.gov.br.