Paulo Miguel - Bruno começou como segurança e é subgerente de uma unidade dos Supermercados Estrela

Foto: Paulo Miguel - Bruno começou como segurança e é subgerente de uma unidade dos Supermercados Estrela

SEGMENTO FORTE

Setor supermercadista emprega 3.212 pessoas em Prudente

Funcionários estão distribuídos em 203 estabelecimentos, conforme levantamento da Associação Paulista de Supermercados

  • 16/11/2019 09:15
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

O subgerente da unidade do centro dos Supermercados Estrela, de Presidente Prudente, Bruno Henrique Moreira, 30 anos, afirma que a relação com a área em que trabalha é de muita gratidão, já que, em pouco tempo, ele consegui ascender dentro da empresa, em um trabalho feito com “muito amor” que, inclusive, rendeu a ele “o grande amor”, a esposa Rafaela. O funcionário é um dos 3.212 que trabalham neste setor na cidade, conforme dados da Apas (Associação Paulista de Supermercados), distribuídos em 203 estabelecimentos. No dia 12 de novembro foi comemorado o Dia Nacional do Supermercado.

A história de Bruno teve início há quatro anos, quando ele foi convocado para fazer parte do time de seguranças do supermercado. Naquela época, ele largou a vida nas estradas, já que era motorista de carreta, e se dedicou ao que acreditava ser sua profissão por muitos anos. A surpresa, que na verdade se trata de reconhecimento, veio quando o funcionário, dedicado e depois de dois anos e meio na função, foi chamado para ser encarregado de loja, local em que ficou pouco mais de um ano, antes de ser convocado para mais uma missão: subgerente.

“O que influenciou foi minha dedicação, pois sei que precisamos abraçar a empresa e gostar do que fazemos. O local me abriu muitas portas e a oportunidade de crescer”, ressalta. Bruno lembra que a história dele “foi construída” novamente dentro do novo trabalho, já que, ainda enquanto atuava como segurança, conheceu a operadora de caixa que se tornaria sua esposa. “Nós dois saímos de férias na mesma data, rolou o primeiro beijo e estamos juntos ao todo há três anos”. O casamento, que contou com sessão de fotos, claro, dentro do mercado, ocorreu em 10 de março de 2018.

SETOR É AVALIADO

COMO FORTE EM PP

O diretor regional da Associação Paulista de Supermercados, Bruno Troiano, afirma que muitas são as histórias que seguem o mesmo sucesso de Bruno. Isso porque, muitas vezes, o setor dos supermercados é o responsável por dar o primeiro emprego a jovens e adultos, o que o faz “absorver” a população em uma experiência “para a vida”. “O ramo alimentício, mesmo em época de crises, traz prosperidade. Existe plano de carreira dentro das empresas, tudo depende do desempenho”. O que pode justificar a força do setor, segundo o diretor regional, é a ausência de grandes indústrias, o que faz com que a região cresça com o comércio de produtos.

A realidade não é exclusiva de Prudente, já que, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), são mais de 1,8 milhão de pessoas trabalhando para empresas supermercadistas em todo o Brasil. Já de acordo com o Ranking Abras/SuperHiper, da Associação Brasileira de Supermercados, a mão de obra masculina continuou sendo maioria no setor em 2018, com 50,3%. As mulheres representaram 49,8%. Em 2017, a relação era de 50,7% para 49,7%, respectivamente.

SAIBA MAIS

Segundo o 9º Estudo Capital Humano em Supermercados, realizado pelo Departamento de Economia e Pesquisa da Abras (Associação Brasileira de Supermercados), jovens com idades entre 18 e 25 anos constituem o contingente principal do setor, respondendo por 33,5% das pessoas que trabalham no autosserviço brasileiro. O grupo dos que têm de 25 a 35 anos vem logo atrás, com 33,3%. Somados, os dois grupos, compostos por jovens, representam 66,8% do capital humano do setor. Pessoas com mais de 50 anos respondem por 7% dos funcionários do setor.

DADOS DO SETOR EM PP

- Número de empregados no setor: 3.212

- Número de estabelecimentos por porte:

Atacado/Atacarejo: 24

- Hipermercado/Supermercado: 36

- Minimercados/mercearias: 126

- Hortifrúti (sacolão): 17

Total: 203