BASQUETE

Sesc Thermas recebe Guerrinha e Elzinha Pacheco

Jornalistas Juarez Araújo e Ronaldo Nascimento mediam ação gratuita que ocorre hoje, das 19h às 21h, em mais uma edição do Toque de Letra, na Área de Convivência

  • 26/06/2019 07:12
  • Da Redação

Em meio a passes, arremessos e cestas, o Sesc (Serviço Social do Comércio) Thermas de Presidente Prudente passa a bola para os ex-atletas Jorge Guerra, o Guerrinha, e Elzinha Pacheco em mais uma edição do Toque de Letra, desta vez, sobre “Os Caminhos da Bola na Cesta”. A conversa acontece às 19h de hoje, na Área de Convivência, com mediação dos jornalistas Juarez Araújo e Ronaldo Nascimento.

Jorge Guerra, mais conhecido como Guerrinha, é natural de Franca (SP). Seu primeiro contato com o basquete foi ainda na infância, aos 10 anos. Pelo clube Capital do Basquete, Guerrinha conquistou o tetracampeonato nacional, o título Sul-Americano e mais cinco estaduais.

Como armador, defendeu a seleção brasileira por 10 anos, participando de duas Olimpíadas (1988 e 1992) e dois Mundiais (1986 e 1990). Além disso, foi titular do time que conquistou o título dos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis (1987), levando o ouro diante dos EUA.

Enquanto treinador, Guerrinha comandou a equipe de Bauru, campeã Brasileira em 2002 e bicampeã Paulista em 2013 e 2014. Passou por Campos (RJ) e Rio Claro (SP) e, internacionalmente, comandou a equipe bauruense na disputa da Copa Intercontinental 2015, e no tour pelos EUA enfrentando os times da NBA, N.Y. Knicks e Washington Wizards.

No comando do time de Mogi das Cruzes, em duas temporadas, alcançou os títulos do Campeonato Paulista 2016 e da Liga Sul-Americana 2017, diante do argentino Bahía Blanca, e às finais da Liga das Américas 2018. Na última edição do NBB Caixa, o time mogiano chegou à final, mas foi derrotado pelo Paulistano.

Elzinha

Elza Arnelas Pacheco, ou Elzinha Pacheco, como é mais conhecida, iniciou sua carreira no basquete aos 13 anos, em uma das maiores equipes do Brasil, localizada em Piracicaba (SP). Em 1967, foi chamada para fazer parte da seleção brasileira, onde jogou como armadora por 20 anos.

Fez parte da equipe campeã Pan-Americana, em 1967, em Winnipeg (Canadá), medalhista de bronze no Mundial de 1971 no Brasil e vencedora em Campeonatos Sul-Americanos. Eleita como com uma das cinco melhores jogadoras das Américas, durante o Pan de Cali (1971), Elzinha Pacheco é a atual diretora do Departamento de Esporte, Educação e Lazer de Paraguaçu Paulista.

Mediação

Além dos ex-atletas, o Toque de Letra recebe o jornalista Juarez Araújo, de Campo Grande (MS), como mediador. Jornalista esportivo especializado em basquete, Juarez começou no jornalismo na Rádio Educação Rural, em 1972. Já atuou no Jornal da Manhã, em sua cidade natal, e em 1978 se transferiu para o tradicional Gazeta Esportiva, de São Paulo, permanecendo no veículo por 24 anos. Trabalhou, inclusive, no canal internacional PSN, no ano de 2000. Em 2002, se transferiu para a BlueTV, para comandar o programa esportivo 4-2-4.   

Aula aberta

Amanhã, Guerrinha ainda ministra uma aula aberta de basquete. Na ocasião, o público tem a oportunidade de praticar a modalidade ao lado de uma das referências dela no Brasil. A aula é gratuita e ocorre no Quintal, das 14h às 16h.