Santos padroeiros

  • 29/09/2019 04:10
  • Sandro Rogério dos Santos

A festa do padroeiro da comunidade é uma ocasião evangelizadora. Os fiéis e devotos se reúnem para celebrações nas quais escutam a Palavra de Deus, compartilham impressões e experiências pessoais, ouvem testemunhos da vida do Santo e se empenham na vivência das virtudes por ele inspiradas. Há Santos mais populares, conhecidos até por quem não é muito dado a essas coisas de religião e igreja; alguns por causa de feriados, outros por localização geográfica ou por circunstâncias especiais, como Santa Luzia – a protetora dos olhos. Por aqui, sabemos de Santos que alhures nunca se ouviu falar e por lá, há alguns que nós aqui nem sabemos existir.

Há quem traga na memória lembranças da infância quando tudo parecia cadenciado, num ritmo mais afeito ao sentimento humano e religioso, familiar e comunitário. Memórias de procissões, rezas de terço, quermesses, missões... O cenário parecia mais afeito ao contexto. Hoje, há tantas informações e atrações disputando entre si a ponto da alma religiosa se sentir sufocada. Não raro, nalguns lugares, mesmo a religião virou comércio. Uma reza melhor que a outra. Um Santo mais poderoso que o outro. Uma igreja/paróquia mais católica (e bonita) que a outra. E assim, os fiéis tentam se equilibrar na experiência teológica, antropológica e litúrgica da fé.

Na próxima terça-feira (1º), a Igreja celebrará a festa de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face. A jovem carmelita francesa que viveu 24 anos, sendo 9 num mosteiro, hoje uma das mais conhecidas e amadas santas. Sua “História de uma Alma” é das obras mais traduzidas no mundo. De 35 Doutores da Igreja, sendo quatro mulheres, ela é uma, a Doutora da Ciência do Amor. É também a padroeira universal das missões. Conhecida “santinha das rosas”, prometeu passar o céu fazendo o bem à terra, mandando sobre os que a invocarem uma chuva de rosas. Com fé, devoção e fervor, o Santuário diocesano a ela dedicado, no jardim Maracanã, além da novena, a festejará no dia 1º com três horários de missa: 6h, 11h e 19h30min.

Seja bom o seu dia e abençoada a sua vida. Pax!!!

ÚLTIMAS DO AUTOR

Dulce

  • 13/10/2019 06:10

Expectativas

  • 06/10/2019 04:47

Francisco e a misericórdia

  • 22/09/2019 04:29
Sandro Rogério dos Santos

Sandro Rogério dos Santos

Sandro Rogério dos Santos é pároco do Santuário Diocesano Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, situado no Jardim Maracanã, em Presidente Prudente.

Contato: padre@santuariosantateresinha.com

PUBLICIDADE