Arquivo - Pentavalente protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, meningite e outras infecções

Foto: Arquivo - Pentavalente protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, meningite e outras infecções

VACINAS

Região está com baixo estoque de BCG e pentavalente

Em levantamento feito pela reportagem em cidades regionais, a previsão de recebimento do lote imunológico é para hoje

  • 10/09/2019 06:17
  • WEVERSON NASCIMENTO - Da Redação

Na região, a vacina BCG, que evita formas graves de tuberculose, e a pentavalente, que protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b, estão com os estoques abaixo do esperado.

Em Pirapozinho, por exemplo, na última sexta-feira, a Assessoria de Imprensa informou a falta da vacina pentavalente há aproximadamente um mês. Devido ao fato de não ter previsão por parte do Ministério da Saúde de quando será regularizada a distribuição, o município orienta a população para entrar em contato semanalmente com a sala de vacina até que cheguem as doses. No que diz respeito à vacina BCG, o frasco do imunológico, que contém aproximadamente 10 doses, é oferecido aos munícipes todas as quartas-feiras, a partir das 9h, para melhor aproveitamento. “Escolhemos a melhor data e horário para que todas as crianças sejam vacinadas”, informou em nota a Prefeitura de Pirapozinho.  

Em Presidente Prudente, por sua vez, segundo a supervisora da VEM (Vigilância Epidemiológica Municipal), Elaine Bertacco, o município contém as doses da vacina, porém, não em grande quantidade. Para tanto, ressalta que é feito um planejamento com relação às doses, principalmente a da BCG. “Não podemos desperdiçar no momento em que há falta em vários municípios”. Elaine acrescenta que, no momento, a única ausência no município é a tetraviral e a varicela, mas que é prevista a reposição do estoque até hoje, terça-feira.

Rosana, por vez, se encontra com os estoques dentro do padrão, explica a enfermeira Maria Alice Rodrigues. Isso porque recebeu a última grade de vacinas em agosto e tem previsão de receber a de setembro nas próximas semanas. “Temos doses nas nossas duas salas de vacina, pois, conforme o Estado vai liberando, vamos recebendo”, explica.

No levantamento feito através das instituições representadas neste periódico, o recebimento do lote das vacinas está previsto para hoje ou no decorrer desta semana.

Posicionamento

Em nota, o Ministério da Saúde informou que, com relação à vacina BCG, neste ano, foram enviadas mais de 5,4 milhões de doses da vacina para os Estados brasileiros. Antes de serem encaminhados aos Estados, os lotes são analisados pelo INCQS (Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde). Assim, parte do quantitativo autorizado no mês de julho estava em análise. Entretanto, em agosto, o fornecimento foi regularizado e foram distribuídas 54% de doses a mais da cota mensal aos Estados.

No que diz respeito à pentavalente, o Ministério da Saúde informa que os lotes mais recentes da vacina recebidos do laboratório Biologicals e Limeted India foram reprovados pelo INCQS e pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Visando proteger a população, a pasta solicitou a não distribuição e exigiu a substituição dos lotes a Opas (Organização Pan-Americana da Saúde).

“Em julho, o Ministério da Saúde encaminhou mais de 400 mil doses da vacina pentavalente do laboratório Serum Índian aos Estados. Para o Estado de São Paulo, foram enviadas 88,2 mil doses. Cabe reforçar que a pasta recebeu uma parcela dos novos lotes em agosto, que estão em análise pelo INCQS”, aponta a pasta. “Assim que o instituto finalizar a avaliação de qualidade, as vacinas serão encaminhadas para a população. A previsão é que a distribuição da vacina pentavalente comece a ser normalizada a partir de 2020”, acrescentou em nota.