Reflexão para um trânsito mais seguro

  • 21/09/2019 04:33
  • João Octaviano Machado Neto

Estamos dentro da Semana Nacional do Trânsito que, até o dia 25 de setembro, terá mais de mil ações promovidas ou apoiadas pelo governo do Estado de São Paulo, por meio do programa Respeito à Vida, visando a conscientização de todos por um trânsito mais seguro. As atividades estão sendo desenvolvidas em diversas cidades do Estado. Mensagens educativas também estão espalhadas em painéis eletrônicos nas rodovias paulistas e nas mídias sociais com o intuito de alertar o maior número de pessoas possível para a importância sobre o comportamento seguro em ruas e estradas.

 A administração pública precisa e deve dar o primeiro passo, mas é preciso deixar claro que a construção de um projeto de segurança viária só terá sucesso com todos nós juntos com o mesmo objetivo. Todos devem se conscientizar que a mudança de comportamento salva vidas.

De acordo com os dados do Infosiga, 94% dos acidentes fatais são causados por falha humana. As motocicletas lideram as estatísticas e correspondem a 34% dos óbitos. Outro dado preocupante é que os jovens com idade entre 18 e 29 anos correspondem a 24% das vítimas.

A solução passa por uma postura mais responsável. Se de um lado é dever do Estado dar condições de segurança viária, por outro lado, o cidadão precisa ter consciência que a atitude correta é fundamental. Mesmo com todas as condições de segurança presentes nas vias, a decisão de fazer o certo ou o errado é pessoal e sempre será assim.

Ao decidir fazer uma conversão proibida, ao escolher ultrapassar um semáforo vermelho ou ao atravessar a rua fora da faixa de pedestre, há consequências. Dirigir um carro acima da velocidade permitida na via para “ganhar uns minutinhos” ou após ter consumido bebida alcoólica coloca a vida do próprio e de outras pessoas em risco.

Nenhuma morte no trânsito é aceitável. Sabemos que os humanos cometem erros, são frágeis e que o sistema de trânsito deve ser construído justamente para protegê-los. Com o envolvimento da sociedade nessa corrente de proteção à vida e redução de acidentes no trânsito, tenho a certeza que iremos caminhar para um trânsito mais seguro. Participe da Semana Nacional do Trânsito! A programação está no site o Respeito à Vida (www.respeitoavida.sp.gov.br).

 

 

ÚLTIMAS DO AUTOR