Reciclar ou reutilizar: faça o que for possível em prol da natureza

  • 04/06/2019 04:30

Em uma rápida pesquisa, é possível encontrar o conceito de reciclar: por este processo, materiais que seriam destinados ao lixo permanente podem ser reaproveitados. É um termo que tem sido cada vez mais utilizado como alerta para a importância da preservação dos recursos naturais e do meio ambiente. É possível reciclar materiais diversos, como vidro, plástico, papel ou alumínio. No entanto, é comum que as pessoas se confundam sobre o que é reciclar e o que é reutilizar. “Com a prolongação da vida útil dos materiais, seja pela reciclagem, seja pela reutilização, contribuímos para toda uma cadeia de redução do consumo de matéria-prima e de energia para produzir novos produtos”.

Reciclar e reutilizar são palavras faladas constantemente. Em algum momento de seus conceitos, estes termos se encontram. É essencial que, de uma vez por todas, as pessoas entendam a importância de se reutilizar e reciclar o que for possível.

O assunto da vez é o canudo de plástico. Como noticiado neste diário, em Presidente Prudente, foi sancionada e promulgada pelo Executivo, a lei 9.774/2018, de autoria do vereador William César Leite (PPS) que dispõe sobre a utilização de canudo comestível e/ou de papel biodegradável e/ou reciclável, individual e hermeticamente embalados com material biodegradável nos restaurantes, bares, lanchonetes, ambulantes e similares autorizados pela Prefeitura de Presidente Prudente. Uma saída importante para, ao menos, diminuir os grandes impactos causados por este material na natureza.

Porém, é essencial que as pessoas tenham consciência e reutilizem o que for necessário. Atualmente, por exemplo, há canudos reutilizáveis, que você carrega na bolsa, usa quando precisar, lava e guarda. Uma ótima saída para nem precisar do biodegradável. Uma ajuda ímpar para o meio ambiente. Imagina se todos fizessem isso.  

Cuide da natureza através de pequenos gestos que, juntos, causam grandes impactos positivos. Não espere as ações dos outros. Comece por você!