Receita Federal arrecada R$ 2,6 bi na região

Balanço de 2017 revela movimentação acima dos R$ 2,2 bilhões obtidos no ano anterior, com crescimento percentual de 15,69%

Da Redação • 07/02/2018 11:59:11

. Foto: Arquivo, Receita atribui crescimento de 15,69% na arrecadação ao trabalho desenvolvido na região

Em 2017, a DRF (Delegacia da Receita Federal) em Presidente Prudente obteve uma arrecadação de tributos na região em torno de R$ 2,6 bilhões, montante maior do que o arrecadado no ano anterior, de aproximadamente R$ 2,2 bilhões. O aumento é de 15,69%. O crescimento real, quando do valor total apresentado, se desconta a inflação, de 11,84%. Em âmbito nacional, o crescimento foi de 0,59%, sendo o maior registrado desde 2015.

A DRF em Prudente alcançou mais de 100% da meta de arrecadação prevista para o período de janeiro a dezembro de 2017. Além de obter o melhor incremento percentual da 8ª Região Fiscal neste quesito, no mesmo período. “Os resultados obtidos, pela DRF em Prudente devem-se a fatores como a melhora nos processos de trabalho da unidade e suas agências (em Adamantina, Dracena e Presidente Venceslau)”, diz a nota.

Também influenciou o aumento, segundo o órgão: a coibição de fraudes; combate à sonegação e inadimplência, por meio do acompanhamento minucioso dos devedores; fiscalização direta em empresas da região; auditoria com base em análise de risco nas compensações, restituições e ressarcimentos; e o acompanhamento dos maiores contribuintes. “Também contribuiu para o resultado o acompanhamento das eventuais quedas pontuais de arrecadação, em uma análise quantitativa e qualitativa da arrecadação mensal”, pontua.

 

Lote disponível

E falando em pagamento de impostos, a partir de amanhã a Receita Federal disponibilizará a consulta o lote multiexercício de restituição do IRPF (Imposto sobre a Renda da Pessoa Física), contemplando as restituições residuais, referentes aos exercícios de 2008 a 2017. Na região de Prudente, relativos ao exercício 2017, são 237 contribuintes e R$ 495.649,21 a restituir. E considerando os exercícios 2011 a 2017, inclusive, serão 389 contribuintes, no total de R$ 785.238,29 a serem depositados em conta corrente.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet – www.receita.fazenda.gov.br - ou ligar para o Receitafone 146. Caso esteja esperando pela restituição, mas não seja contemplado, na consulta à página da Receita, no link “serviço e- CAC” é possível acessar o extrato da declaração e ver se há alguma inconsistência identificada pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar a situação e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita a consulta às declarações do IRPF, bem como à situação cadastral do CPF. Com ele, será possível acessar diretamente as bases da Receita Federal e obter informações sobre liberação das restituições do IRPF e CPF.

Com Assessoria de Imprensa da Receita Federal

 

Lote de Restituição Multiexercício do IRPF – Janeiro/2018

Exercício

Número de Contribuintes

Valor (R$)

Correção pela Selic

2017

237

495.649,21

7,31%

(maio de 2017 a fevereiro de 2018)

2016

88

138.096,05

20,03%

(maio de 2016 a fevereiro de 2018)

2015

29

108.775,94

33,10%

(maio de 2015 a fevereiro de 2018)

2014

18

26.333,35

44,02%

(maio de 2014 a fevereiro de 2018)

2013

10

12.241,65

52,92%

(maio de 2013 a fevereiro de 2018)

2012

6

3.746,17

60,17%

(maio de 2012 a fevereiro de 2018)

2011

1

440,92

70,92%

(maio de 2011 a fevereiro de 2018)

Fonte: Receita Federal

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste