Prefeitura de Rancharia - Univesp exige que computadores com recursos técnicos específicos sejam disponibilizados

Foto: Prefeitura de Rancharia - Univesp exige que computadores com recursos técnicos específicos sejam disponibilizados

UNIVERSIDADE VIRTUAL

Rancharia terá polo da Univesp com 9 cursos

A sede será em um prédio público que passa por readequações; expectativa da Prefeitura é que as aulas iniciem em 2020

  • 03/09/2019 09:59
  • PEDRO SILVA - Especial para O Imparcial

Com o objetivo de disponibilizar opções na educação superior, a cidade de Rancharia está implantando um polo da Univesp (Universidade Virtual de Estado de São Paulo). A sede será em um prédio público que passa por readequações para acessibilidade e estrutura para comportar nove cursos de licenciatura e bacharelado – Engenharia de Produção; Engenharia da Computação; Tecnologia e Gestão Pública; Biologia; Química; Física; Matemática; Pedagogia; e Letras. A expectativa é que as aulas iniciem em 2020.

Segundo a secretária de Educação do município, Carmen Silvia Paulino Colavite da Fonseca, a implantação da universidade irá gerar oportunidades para jovens e adultos que buscam um futuro melhor, a partir dos estudos.

O polo está em processo de adaptação, cumprindo as exigências impostas pela Univesp, como laboratórios, computadores com especificações técnicas, internet com velocidade específica e acessibilidade para deficientes físicos.

Funcionamento

Mesmo que os cursos sejam EAD (educação à distância), as instalações físicas são necessárias para que os alunos possam estudar e realizar os trabalhos propostos no currículo de ensino, além da participação em aulas presenciais.

A universidade exige que alguns espaços sejam disponibilizados para que os alunos, que desejarem, tenham instalações para estudos em horários fixos – nos períodos da tarde e noite – além de brinquedoteca, coordenação e laboratórios.

A secretária de Educação esclarece que ainda não existe um coordenador para a unidade da cidade, mas será escolhido a partir da adequação completa do espaço físico. Para se candidatar ao cargo é necessário ser efetivo na rede municipal de Educação, ser formado em pedagogia e é preferível que já tenha experiência na área.

O poder público da cidade espera que todas as instalações sejam concluídas para que os cursos se iniciem já em 2020.

Oportunidade

Segundo a Seduc (Secretaria Municipal de Educação) de Rancharia, na cidade existem duas outras instituições de ensino EAD, porém, voltadas somente à área de humanas. Portanto, a implantação de uma instituição que ensinará cursos de licenciatura e engenharia irá permitir que muitos estudantes que estão saindo do ensino médio, ou munícipe que não tinha a oportunidade de estudar por razões financeiras, ou necessidade de estar na cidade por familiares, cursem uma faculdade alinhada com seus sonhos. Os cursos e inscrições, segundo a secretária de Educação, serão inteiramente gratuitos.

A secretária também diz que a Prefeitura disponibiliza recursos para auxiliar estudantes com o transporte para outras cidades que dispõem de campi físicos, como Presidente Prudente, e a implantação do polo da Univesp pode ajudar a diminuir esse valor, mesmo que não seja essa a ideia principal.

Cursos que serão oferecidos

Engenharia de Produção;

Engenharia da Computação;

Tecnologia e Gestão Pública;

Biologia;

Química;

Física;

Matemática;

Pedagogia;

Letras.