Foto: Arquivo, Radares devem ser retirados até o fim desta semana

Durante a noite Radares são retirados das vias de Prudente

 11/10/2017  - GABRIEL BUOSI - Da Redação

A A A

Os radares que fiscalizaram as principais avenidas de Presidente Prudente por dois anos começaram a ser retirados, na segunda-feira, pela Politrans, empresa que prestou o serviço até o desligamento dos aparelhos, no dia 10 de setembro. A expectativa é que todos sejam recolhidos até o fim desta semana.

De acordo com o consultor da Politrans, Paulo Henrique Borges, não existe um cronograma que determine os dias e aparelhos retirados, mas ressalta que os horários para o serviço são pensados de maneira que não prejudiquem o tráfego de veículos. “A retirada é sempre em períodos noturnos, pois são momentos em que o fluxo de carros é menor e isso não prejudica o trânsito”.

O representante da empresa afirma que a ideia de retirar os radares surgiu a partir do desligamento deles e pela falta de segurança aos aparelhos que não prestam mais os serviços no município. “Equipamentos parados ficam vulneráveis e correm o risco de não serem preservados. Retiramos para garantir a integridade deles e evitar prejuízos”, expõe.

Questionado sobre a participação no novo processo licitatório que escolherá uma nova empresa de monitoramento de velocidade no trânsito, Paulo diz que a Politrans participará do certame, mesmo com o contrato não renovado por parte da Prefeitura de Presidente Prudente. “Achamos muito injusto a não renovação. Mas não guardamos nenhuma mágoa, por isso vamos participar do processo licitatório e, quem sabe, voltar a atuar na cidade”.

 

Comissão

Como já noticiado por este diário, a Prefeitura resolveu criar uma comissão de servidores da Semav (Secretaria Municipal de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública) para acompanhar os trabalhos e agilizar o processo de escolha de uma nova empresa para o monitoramento de velocidade. Por meio de nota, o Executivo informa que a comissão “está concluindo” os estudos técnicos para a elaboração do edital que escolherá uma nova empresa, mas ressalta que não há previsão de data para seu lançamento.

Comentário