Prudentinos aprovam primeiro dia da Uber

GABRIEL BUOSI • 10/03/2018 10:51:38

. Foto: Marcio Oliveira, Uber passou a funcionar ontem em PP

A estudante Cristiele Polito, 17 anos, conhece a Uber, que iniciou a operação em Presidente Prudente às 14h de ontem, e afirma ver na plataforma digital a possibilidade de mais conforto e custos mais baratos para o deslocamento dentro do município. Mesmo ainda não tendo utilizado o aplicativo na cidade, pelo pouco tempo de operação, ela afirma que, certamente, será uma das usuárias do serviço. “Já utilizei quando estive na capital e vejo como uma praticidade muito grande, fora a acessibilidade financeira”, esclarece. Mesmo com a chegada da Uber, a demanda para a plataforma parece estar em fase de adaptação e sem grandes movimentações.

Para entender a relação oferta e demanda, a reportagem esteve no centro de Prudente no fim da tarde de ontem para conversar com possíveis usuários do aplicativo de transporte. Para Gabriel Ruzza, 21 anos, que já conhecia o aplicativo, o uso será “apenas se necessário”, já que a família conta com um carro para o transporte. “Acredito que posso utilizar em situações como quando estiver em festas, caso eu não queira ir de carro. Para essa finalidade, vejo o aplicativo como muito vantajoso e mais econômico”, informa.

Já a coordenadora administrativa, Aline Raimundo, eu utilizou o serviço em uma viagem para Brasília (DF), a simpatia dos motoristas da Uber, valores e a praticidade no pedido são fatores que contam para a escolha do serviço. “Você vê que eles [motoristas] estão contentes em trabalhar e prestar o serviço para você. Vejo que para o lazer, esta pode ser uma ótima opção. Se preciso, usarei aqui em Prudente”, expõe.

Uma vez que todos os entrevistados mencionaram preços mais acessíveis nas viagens do aplicativo, a reportagem, em nível de comparação, simulou ontem uma viagem para comparar os preços da plataforma digital e uma empresa de táxi comum. Para o roteiro que sai da Rua Ernesto Rotta, no Novo Bongiovani, até a Rua Gino Piron, no Jardim Vale do Sol, a Uber cobra o valor de R$ 11,05. O mesmo trajeto, mas na empresa de táxi, é cobrado um valor entre R$ 25 e R$ 30, o que “depende do decorrer da viagem”.

Vale lembrar que, conforme noticiado por este diário ontem, inicialmente a categoria de serviço disponível na cidade é a UberX, o que permite que a forma de pagamento seja feita apenas por meio do cartão de crédito.

Questionado sobre o início dos trabalhos na cidade, o presidente do Sindicato dos Taxistas Autônomos, Caminhoneiros Autônomos e Transportadores Autônomos de Passageiros de Presidente Prudente e região, Natal Aparecido Brunholi, diz que prefere não se posicionar no momento, até que entenda os trabalhos do aplicativo na cidade. É que, conforme noticiado por este diário, a categoria não estava satisfeita com a chegada do serviço.

 

SAIBA MAIS

Na cidade, o preço de viagens na Uber varia de acordo com a distância e o tempo. Para que o passageiro tenha o registro do serviço utilizado, ao final de cada atendimento os usuários recebem um recibo com a descrição dos itens que fazem parte do valor final. O preço base para o início da corrida é de R$ 2 + R$ 1,24 a cada quilômetro percorrido + R$ 0,16 por minuto, sendo o valor mínimo da viagem R$ 5 e o custo de operação do serviço R$ 0,75.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste