BADMINTON

Prudentino garante bronze na Copa do Brasil

Caio Henrique da Silva esteve em Americana (SP), onde competiu de quinta-feira a domingo pelo Sesi

26/02/2019 08:41 • THIAGO MORELLO - Da Redação
Mayara Bacarin Bressanin - Caio disputou em dupla com o atleta Caio Coutinho, de Campinas (SP) Mayara Bacarin Bressanin - Caio disputou em dupla com o atleta Caio Coutinho, de Campinas (SP)

De quinta-feira a domingo, no Centro Cívico de Americana (SP), ocorreu a 1ª Copa do Brasil de Badminton. O torneio, que reuniu os 16 melhores atletas e duplas de cada categoria, teve a participação do prudentino Caio Henrique da Silva, representando o Sesi (Serviço Social da Indústria). O atleta disputou na simples individual, e também pela dupla masculina sub-19, onde ao lado do Caio Coutinho - de Campinas (SP) -, garantiu o bronze.

A reportagem não conseguiu falar com o atleta, mas a técnica dele, Mayara Bacarin Bressanin, que esteve junto na competição, destaca que a Copa foi uma competição dos melhores do país e, sendo assim, “ele teve uma oportunidade muito grande de aprender, trocar experiências e se preparar ainda mais”, completa.

Em relação ao nível do campeonato, Mayara detalha que foi “mais forte” do que o comum, principalmente por cada categoria ter apenas 16 atletas, e que são considerados os melhores a nível nacional. “O Caio se preparou para essa competição, tanto o físico quanto o psicológico. Mas como sempre, deu aquele frio na barriga e o nervosismo atrapalhou um pouco na hora de competir pela etapa individual. Então ele não conseguiu medalha”, conta. Por outro lado, na categoria em dupla ele chegou a semifinal.

 

Continuidade

O próximo compromisso da equipe de badminton será nos dias 9 e 10 de março, em São Bernardo do Campo (SP), na 1ª Etapa Estadual. E já pensando nesse compromisso e nos que estão por vir, gradativamente houve mudanças no treino do atleta. Isso porque, de acordo com a treinadora, logo mais Caio completa 17 anos e sendo assim muda de categoria.

“Ele tem pelo menos mais três competições para o ano, a nível nacional. E uma delas garante, aos três primeiro colocados da cada categoria, a vaga para o Pan-Americano. Então ele vem se preparando já e o Caio está num patamar muito bom. Ele tem capacidade de competir de igual para igual com os melhores”, finaliza.