Novembro Roxo Prudente recebe 3ª Semana da Prematuridade

 12/11/2017  - Da Redação

A A A

O HR (Hospital Regional) Doutor Domingos Leonardo Cerávolo de Presidente Prudente realiza a partir de amanhã a 3ª Semana da Prematuridade, até o dia 17 de novembro, para conscientizar a população sobre o nascimento prematuro e as consequências para a vida dos bebês.

De acordo com o médico neonatologista do HR, Murilo Moretti, o propósito da campanha é conscientizar as mães sobre as causas que levam ao nascimento antecipado. Segundo o especialista, infecções urinárias, hipertensão, descolamento prematuro de placenta, diabetes, alterações de tireoide, infecções congênitas (toxoplasmose, citomegalovírus, sífilis, HIV) e até mesmo o consumo de bebidas alcoólicas ou drogas ilícitas estão entre as causas mais comuns de partos prematuros.

“Um acompanhamento de pré-natal correto, com no mínimo cinco consultas, avaliações periódicas e ultrassom são indispensáveis para uma gestação sem intercorrência”, ressalta o especialista. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que cerca de 340 mil crianças nasçam prematuras no Brasil por ano.

 

PROGRAMAÇÃO

Relactação e Translactação (equipe de fonoaudiologia)

Data: Amanhã e terça-feira

Horário: às 7h e 19h 

Local: UTI Neonatal 

Trabalho com as mães dos bebês internados: Confecções de brinquedos para estimulação de prematuros (terapeuta ocupacional)

Data: Terça-feira

Horário: às 11h

Local: Enfermaria GO 

Público: Mães dos bebês internados na Unidade Neonatal 

Simpósio: “Reanimação do recém-nascido prematuro na sala de parto”

Data: Terça-feira

Horário: às 19h30

Local: Anfiteatro 

Público: Profissionais do HR, residentes e acadêmicos 

Humanização na UTI Neonatal (Equipe de enfermagem)

Data: Quarta e quinta-feira

Horário: às 7h e 19h

Local UTI Neonatal 

Público: Equipe de enfermagem da maternidade e equipe multidisciplinar da UTI neonatal

Comemoração ao dia Mundial da Prematuridade 

Data: Sexta-feira

Horário: às 15h

Local: Pátio da pediatria 

Público: Familiares e prematuros em acompanhamento no ambulatório do HR e equipe Neonatal

Comentário