TECNOLOGIA

Prudente é classificada para 2ª etapa do Prêmio MuniCiência

Projeto do Executivo propõe acelerar e transformar ideias inovadoras em um negócio sustentável, com o objetivo de estimular a economia

  • 03/09/2019 12:26
  • DA REDAÇÃO

Acelerar e transformar ideias inovadoras em um negócio sustentável é o objetivo do projeto de inovação tecnológica desenvolvido pela Prefeitura de Presidente Prudente, por meio da Inova Prudente, inscrito e classificado para a segunda fase do Prêmio MuniCiência (Municípios Inovadores 2019/2020), realizado pela CNM (Confederação Nacional de Municípios) em parceria com a União Europeia.

Em sua terceira edição, o intuito do prêmio é identificar, analisar, promover e compartilhar práticas inovadoras executadas por prefeitos em todas as regiões do Brasil e consequentemente impactar na evolução da gestão municipal e na sociedade.

Segundo o prefeito Nelson Roberto Bugalho (PTB), mais do que participar de uma premiação como esta, o projeto de inovação tecnológica tem o desafio de tirar do papel as ideias e transformá-las em uma startup. “Aqui, apostamos na inovação e, como governo, demonstramos que esse é o caminho a trilhar, ou seja, o de estimular justamente essa nova parte da economia criativa”, expõe.

O secretario municipal de Tecnologia da Informação, Rogério Alessi, complementa que o governo tem se empenhado em promover o desenvolvimento tecnológico, por meio de projetos como o edital de Aceleração e Fomento e oferta de condições para os prudentinos empreenderem e consequentemente auxiliar a sanar as “dores” do município.

De acordo com a CNM, a premiação acontece através de um sistema aberto e transparente, cujo principal critério da ação é reconhecer os gestores que buscam alternativas inovadoras para os seus municípios, disponibilizar soluções adaptáveis e acessíveis a outras administrações públicas brasileiras e fomentar a implementação de boas práticas na gestão.

Após essa etapa, os dez projetos escolhidos seguirão para uma votação popular – nacional e online – e os cinco primeiros participarão de um seminário internacional para intercâmbio de experiências que acontecerá em junho de 2020. Já o resultado final do MuniCiência será anunciado na 23ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.