Thiago Morello - Danilo: “Todo o treinamento é dado conforme a capacidade de cada um”

Foto: Thiago Morello - Danilo: “Todo o treinamento é dado conforme a capacidade de cada um”

INSCRIÇÕES ABERTAS

Projeto une artes marciais e cidadania no Cecap

Desde a terça-feira, na sede do Conseg, ocorre o Dojo do Dan, com aulas de defesa pessoal para crianças, adolescentes e adultos

  • 19/01/2020 05:59
  • THIAGO MORELLO - Da Reportagem Local

Artes marciais têm muito mais a ver com disciplina pessoal do que literalmente aprender a lutar e ser uma pessoa violenta. Quem entra na prática com esse pensamento se engana. E mudar esse olhar é um dos objetivos do projeto Dojo do Dan, que teve início terça-feira, na sede do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) na Cecap, em Presidente Prudente. Com cidadania e de forma gratuita, o efetivo visa dar aulas de defesa pessoal para crianças, adolescentes e adultos.

A ideia veio através de uma parceira com o próprio conselho e o professor Danilo Fernando Fabri, que representa a associação referente às artes marciais. Em ambos os casos, o presidente o Conseg, José Luis Silva, lembra que há a dedicação para realizar projetos sociais. Sendo assim, uniu-se a vontade com a oportunidade de fazer. “É uma chance de dar contribuição para todos aqueles que queiram se dedicar em um esporte e contribuir com disciplina na vida de cada um”, frisa.

E é com o lema “transformar pessoas em melhores atletas, e atletas em melhores pessoas” que tudo ocorre, conforme o professor. Pelo menos é dessa forma que tem sido feito com os 25 alunos já inscritos, que vai desde criança a idosos. “Todo o treinamento é dado conforme a capacidade de cada um. Aquilo que podemos fazer de maneira geral é feito, mas sempre com um acompanhamento pessoal para cada aluno”, complementa.

E lembra aquele pensamento de entrar numa luta achando que vai se tornar o cara expert em bater em pessoas? Danilo confirma que existe sim, pelo menos em grande parte das pessoas, mas isso é desmistificado através das aulas e dos ensinamentos dados. “A gente busca, lógico, ensinar a defesa pessoal para os alunos, mas, mais que isso, mostrar o ganho na vida que a prática oferece, com disciplina”, finaliza o professor.

O projeto Dojo do Dan ocorre há cinco anos. Além de Danilo, o efetivo é realizado pelos demais membros da associação: Aleksander Palombino, Bruno José Ribeiro e Gilson Matos.

SERVIÇO

As inscrições para participar das aulas ainda estão abertas. Pessoas a partir de 8 anos podem se inscrever. Àqueles que possuem mais de 14 anos e que podem ajudar, a associação pede a contribuição de R$ 30 mensais. No entanto, o professor esclarece que, caso contrário, a participação pode ocorrer normalmente, de forma gratuita. O telefone de contato é o 99725-4822. A sede do Conseg está localizada na Avenida Juscelino Kubitschek, 1.190, Cecap.