Marcio Oliveira: Primeiro encontro do Projeto Emoções ocorreu ontem no museu prudentino e atividades seguem durante o ano

Foto: Marcio Oliveira: Primeiro encontro do Projeto Emoções ocorreu ontem no museu prudentino e atividades seguem durante o ano

Olhar ao próximo

Projeto Emoções promove o bem-estar através da música

Encontros semanais tiveram início ontem, no museu de Presidente Prudente, e estão com inscrições abertas aos interessados em fugir da rotina

  • 08/02/2019 05:15
  • GABRIEL BUOSI - Da Reportagem Local

Imagine comigo uma grande cidade, em horário de pico, quando é somente possível ouvir o som dos carros, as buzinas daqueles que não aguentam esperar, a sirene das ambulâncias que correm contra o tempo e da pressa do dia a dia em que muitos não são capazes de perceber, e principalmente de ouvir, uma música antiga e que toca de forma calma para em pleno horário de almoço. Por mais que pareça difícil achar uma cena como essa hoje em dia, teve início ontem no Museu e Arquivo Histórico Prefeito Antônio Sandoval Netto, em Presidente Prudente, uma atividade que objetiva promover o bem-estar de idosos, mas também dos interessados, por meio de canções que remetem aos bons momentos da vida. A ação vai à contramão da correria habitual e seguirá durante todo o ano no local. Para participar e apreciar a vitrola, basta ligar no museu e escolher a turma de sua preferência do Projeto Emoções.

De acordo com a psicóloga responsável pelos encontros, Norma Cecília Bizari Cavichioli Franzini, a ideia surgiu no ano passado, com a intenção de aproveitar o acervo de aproximadamente 10 mil discos de vinil presentes no museu, de forma que eles auxiliassem na promoção do bem-estar aos participantes, que de lá para cá, já somam cerca de 20 integrantes. “Antes de chegar aos grupos, realizamos um trabalho de descobrir quais são as músicas que esse participante gosta, e já na pergunta analisamos os sorrisos, o que ressalta a importância das canções e das boas memórias que cada uma delas promove”.

Ainda segundo Norma, os grupos – que ocorrem sempre às quintas-feiras em dois horários, às 13h e 14h30 -, são em sua maioria compostos por idosos, mas não apenas eles podem interagir. “As técnicas utilizadas aqui são voltadas para o ser humano, como jogos que remetem à infância de cada um deles, pois o objetivo é a promoção do bem-estar. Queremos trazer os sentimentos bons dentro de um contexto extremamente delicado que vivemos hoje em dia, seja de forma política, social ou econômica da nossa vida e, além disso, ainda orientamos cada um sobre a importância do cuidado pessoal. O fio condutor de tudo isso é a música por meio da vitrola”.

 

Encontros que agradam

A simpática e tímida Lourdes Martins Nespoli, de 85 anos, esteve ontem de volta ao grupo, depois de participar durante todo o ano passado dos encontros, de forma que o compromisso semanal é o motivo de alegria para ela e toda a família, que incentiva o convívio com os colegas. “Soube em janeiro de 2018 por meio do meu filho dessa atividade e logo me animei, pois já participei de vários grupos e cursos. Gosto de me sentir uma pessoa ativa e esse tipo de encontro me faz muito bem. Faço questão de estar presente”.

Miguel Alves da Rocha, 66 anos, também presente no projeto desde o ano passado, fala que a motivação para volta ontem ao primeiro encontro foi saber que ele é uma forma de mostrar aos idosos, que possuem “dificuldades de interação”, uma nova forma de convívio e por meio da música, que une tantas pessoas. “Aqui podemos trocar de ideias. Estou cansado de internet e televisão, então para mim é gratificante estar aqui e pretendo permanecer enquanto em for possível”. O estilo escolhido e prefeito de ambos é o clássico, antigo, e que trata da saudade;

 

 

SERVIÇO

Para participar do Projeto Emoções, os interessados precisam ligar no Museu e Arquivo Histórico Prefeito Antônio Sandoval Netto, em Presidente Prudente, através do telefone (18) 3223-9404. Os encontros ocorrem às quintas-feiras em duas turmas, às 13h ou 14h30. A unidade fica na Avenida Manoel Goulart, 2.415, na Vila Santa Helena.