Cedida/ Jorge Silva: Aluna e artista Beatriz Machado, tem 8 anos e participa do Projeto Cor

Foto: Cedida/ Jorge Silva: Aluna e artista Beatriz Machado, tem 8 anos e participa do Projeto Cor

“ARTE ESPECIAL”

Projeto Cor faz exposição ao Dia mundial do Autismo

Dando luz ao dia lembrado nesta terça-feira, os 13 artistas promovem a exposição no Prudenshopping, que segue até 21 de abril

  • 02/04/2019 07:00
  • WEVERSON NASCIMENTO - Da Redação

O Projeto Cor é destinado à arte e a pintura, a qual abrange a inclusão da pessoa com deficiência intelectual, física, síndrome de Down e o transtorno do espectro do autismo, o TEA. Dando luz ao Dia mundial do Autismo, lembrado no dia de hoje, 13 artistas promovem a exposição “Arte Especial”, com a supervisão do psicopedagogo, Jorge José da Silva.

O projeto que iniciou em setembro de 2015 tem como objetivo desenvolver a parte cultural dos atendidos. Para que eles possam descobrir o talento que cada um traz em si, e a partir das exposições, mostrar e incluir o trabalho deles na sociedade.

De acordo com o idealizador do projeto, professor especialista em educação especial e psicopedagogo, Jorge José da Silva, 46 anos, são trabalhos individuais produzidos de forma em que se deve respeitar o momento da concentração, da escolha do que será feito, das cores, da aprovação e, principalmente, que agrade no momento da pintura.

No caso da pessoa com transtorno do espectro do autismo, o professor relata a importância do trabalho. “Com a arte, o autista começa ter esse lado prazeroso, afetivo, que é muito importante para ele. Então, nós vamos fazendo todo esse trabalho individual para que possa chegar o momento em que ele consiga aceitar o contado de outras pessoas. Então, a arte é fundamental”, destaca.

Além disso, o professor afirma que esse trabalho é direcionado para que o autista possa melhorar a concentração, a parte comportamental, ou seja, o desenvolvimento que pode facilitar a aprendizagem na escola e o acesso aos lugares onde ele passa. “Então foi uma técnica criada para isso, os trabalhos são feitos individualmente, cada um tem o seu horário durante a semana para que possamos realizar um trabalho com mais qualidade. Não queremos apenas que as pessoas vejam as obras por serem crianças especiais e sim por ser uma pintura bem feita e bem elaborada”, salienta.

Luz ao projeto

O Projeto Cor foi criado para atender as limitações que cada aluno leva até Jorge que atua como especialista há 16 anos em todos os campos da deficiência, como autismo, paralisia cerebral, Síndrome de Retti, deficiência intelectual, entre outros. O que o capacitou a entender cada limitação e enxergar o potencial de cada um para que possam mostrar para a sociedade que, são capazes, como outra pessoa qualquer. 

Caminhada

Com o objetivo de informar a população sobre o autismo, a Lumen et Fides de Presidente Prudente promove hoje, às 8h, no Parque do Povo, a 5ª edição da Caminhada Azul. De acordo com a diretora pedagógica da instituição, Perlla Cristina Roel de Oliveira, a caminhada terá seu percurso iniciado na área da pista de skate, na Avenida 14 de Setembro, próximo ao cruzamento com a Avenida da Saudade, e seguirá até o posto policial desativado. Atualmente, a entidade atende 148 alunos, entre crianças, adolescentes e adultos. Além disso, possui uma demanda reprimida de 100 crianças, segundo a coordenadora técnica Luciana Tanaka.

Serviço

A exposição com as obras dos artistas ocorre desde ontem e segue até dia 21 de abril, na praça de entrada do Carrefour no Prudenshopping - Avenida Manoel Goulart, 2400, Jardim das Rosas. As telas estão disponíveis para vendas por R$ 100, com valor destinado 100% ao artista.

SAIBA MAIS

Nesta terça-feira, 2 de abril, é celebrado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A data, estabelecida em 2007, tem por objetivo difundir informações para a população sobre o autismo e assim reduzir a discriminação e o preconceito que cercam as pessoas afetadas por esta síndrome neuropsiquiátrica. Os transtornos do espectro autista (TEA), como o próprio nome sinaliza, englobam uma série de diferentes apresentações do quadro, que têm em comum: Maior ou menor limitação na comunicação, seja linguagem verbal e/ ou não verbal; na interação social; comportamentos caracteristicamente estereotipados, repetitivos e com gama restrita de interesses. O autismo aparece nos primeiros anos de vida. Apesar de não ter cura, terapias e medicamentos e é claro, muito amor podem proporcionar qualidade de vida para os pacientes e suas famílias. (Fonte: Ministério da Saúde)

Artistas

Adib Miguel Direne, 38 anos

Ana Clara de Araujo, 11 anos

Beatriz Machado, 8 anos

Beatriz Zanoni Almeida, 17 anos

Denise Brambila, 24 anos

Júlia Sakamoto, 20 anos

Lucimara Emílio, 24 anos

Marcelo Direne, 43 anos

Marcelo Yukio de Matos, 12 anos

Patrick Ken Kanda, 19 anos

Pedro Calil Trevisan, 36 anos

Tomás Russo Andrade, 6 anos

Zequinha Scalon, 37 anos