Cedida - Com os trabalhos, crianças esperam mudança de comportamento para o bem-estar de todos

Foto: Cedida - Com os trabalhos, crianças esperam mudança de comportamento para o bem-estar de todos

SEM ACIDENTES

Projeto alerta sobre uso do cerol em pipas

Durante agosto e setembro, alunos da EE Professor José Carlos João desenvolvem trabalhos, com o objetivo de conscientizar a população sobre o perigo do material

  • 15/08/2019 08:14
  • Espaço infantil

Através do Programa de Educação Integral Cidadescola, a Escola Municipal Professor José Carlos João, de Presidente Prudente, desenvolve durante o mês de agosto e setembro, com os alunos de 3ºs, 4ºs e 5ºs anos do ensino fundamental, o projeto “Pipa sem cerol, sem acidentes”.

De acordo com a professora articuladora do programa, Ana Maria da Silva Santos, a ideia da ação surgiu devido ao “alto índice de acidentes decorrentes do uso do cerol e similares na atividade de soltar pipas, e grande divulgação desses episódios nas redes sociais”. “Percebemos certo incômodo entre os alunos que discutiam sobre notícias que lhes chamaram atenção e, consequentemente, a necessidade de abordar o tema de forma sistemática”, ressalta.

Ela declara que muitas crianças têm ou já tiveram contato com esse material e que alguns não consideram perigoso o fato de utilizar cerol ou outros materiais similares. Sendo assim, foram apresentadas propostas de atividades voltadas à conscientização dos malefícios que essa prática traz, bem como a necessidade de mudança de comportamento para o bem-estar de todos.

“Além dos estudos e discussões nas aulas, pretendemos oferecer palestras, pesquisas e relatos de pessoas que sofreram acidentes decorrentes do uso do cerol. Encerraremos o projeto com um festival de pipas confeccionadas pelos alunos”, conta Ana Maria.

A escola ainda pretende compartilhar com os estudantes do ensino regular e comunidade escolar, todo material utilizado para estudo, palestras e depoimentos.

Na edição de hoje, publicamos cartas de três estudantes, participantes do projeto. Confiram!

 

CARTAS

 

P. Prudente, 13 de agosto de 2019

Cara Neucélia Felix

Meu nome é Carlos Eduardo, eu tenho nove anos, estudo na E.M. Prof. José Carlos João de P. Prudente.

Lemos seu livro “A pipa”, eu gostei muito da sua história e também aprendi não usar cerol e nem linha chilena. Eu usava linha chilena há muito tempo, mas eu vi os acidentes que a linha do mal causa, por isso eu parei de usar esse tipo de linha e agora só uso linha prura.

Gostaria muito de te conhecer, continue com seu talento incrível de fazer poesias.

Até mais

Carlos Eduardo Azevedo Martins

 

 

 

Presidente Prudente, 12 de agosto de 2019

Caros leitores

Me chamo Nicolly Mello e tenho onze anos, estudo na E.M. Prof. José Carlos João.

Vim falar sobre o cerol. Todos nós sabemos que o cerol é muito perigoso e pode até matar, por isso queria convidar vocês a participar do nosso projeto “Pipa sem cerol, sem acidentes”.

É bom lembrar que não devemos misturar brincadeira com perigo.

Por isso se você ver uma pessoa usando cerol, não perca tempo ligue para a polícia, porque cerol mata e não é brincadeira.

Seria mais legal e divertido se as pessoas pensassem antes de usar cerol, porque você ou qualquer outra pessoa pode se machucar.

Eu apoio muito esse projeto, porque quem sabe assim as pessoas que usam cerol podem repensar antes de usar em suas pipas.

Não use cerol!

Abraços

Nicolly Mello

 

 

 

Presidente Prudente, 13 de agosto de 2019

Prezado leitor

Sou aluno da E.M. Prof. José Carlos João, meu nome é Raphael Arthur Tenório da Silva, tenho dez anos.

Vou falar sobre um projeto, o nome dele é “Pipa sem cerol, sem acidentes”. Esse projeto é para avisar os senhores(as) e para as crianças também, que não pode usar linha chilena e cerol porque é perigoso, também pode matar motoqueiros, ciclistas e pedestres.

A pipa pode ser usada para brincar e se divertir, mas com responsabilidade.

Você deve ter alguns cuidados, não soltar pipa em lugares com redes elétricas, locais de muito movimento, não fazer uso de materiais cortantes e etc.

Conto com seu apoio.

Raphael Arthur Tenório da Silva

 

 

 

 

 

 

Espaço infantil

Espaço infantil

O canal reúne conteúdo direcionado ao público infantil, com informações, dicas, passatempos, tirinhas, fotos e agenda de eventos direcionados às crianças.

PUBLICIDADE