Programa possibilita viagens gratuitas para outros Estados

18/04/2018 12:37:05

Dos 9.677 jovens aptos ao ID Jovem em Presidente Prudente, 413 solicitaram o benefício nos últimos seis meses. Isso significa que 4,26% do público-alvo no município são contemplados pela iniciativa do governo federal, que busca promover o maior acesso aos direitos garantidos pelo Estatuto da Juventude por meio de vagas gratuitas ou descontos no sistema de transporte coletivo interestadual e meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos.

O titular da Coordenadoria da Juventude em Prudente, Juliano Camilo Borges, expõe que o programa passou a vigorar em julho na cidade e, por se tratar de um programa novo, a conscientização ocorre “aos poucos”. “Podemos dizer que é um trabalho de formiguinha e há todo um empenho da equipe para massificar as vantagens que o jovem tem ao requerer o documento”, expõe. Para tanto, a divulgação da iniciativa é feita em escolas e ações da coordenadoria. “Em cada uma dessas ocasiões, aproveitamos para falar um pouco sobre o programa e permitir que os jovens tenham conhecimento sobre ele”, complementa.

 

QUEM PODE REQUERER?

Segundo Juliano, qualquer jovem com idade entre 15 e 29 anos e que possui o NIS (Número de Identificação Social), inscrição atribuída pela CEF (Caixa Econômica Federal), pode solicitar o benefício em seu próprio smartphone. Caso o jovem ainda não tenha o NIS, Juliano orienta que procure qualquer um dos Cras (Centro de Referência de Assistência Social) em Prudente para requerer o seu número. Para tanto, a renda familiar do solicitante não pode ultrapassar dois salários mínimos.

ANDRÉ ESTEVES
Da Redação

 

ACESSO ÀS VAGAS

No caso do transporte, a CEF explica que o transporte interestadual de passageiros reserva duas vagas gratuitas em cada veículo, que pode ser ônibus, trem e embarcação. Depois de esgotadas, são liberadas mais duas vagas com desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens. É importante ressaltar que a viagem tem que ser entre Estados diferentes, logo o benefício não vale para deslocamentos entre municípios ou dentro do município em que reside.

 

CARTÃO DIGITAL

Outro ponto é que não existe um cartão físico para o uso do benefício. O documento é digital e deve ser apresentado nos estabelecimentos na tela do smartphone ou impresso pela página da internet. Para a primeira opção, é necessário ter o aplicativo do ID Jovem no celular, ser cadastrado no programa e mostrar a imagem do cartão no momento da compra do bilhete. Já para a segunda opção, é preciso imprimir a imagem do cartão e levá-lo para fazer a aquisição do ingresso. Os dois casos devem ser acompanhados do documento oficial com foto.

 

RENOVAÇÃO

A CEF completa que o ID Jovem vale por 180 dias, sendo necessário revalidar o documento no aplicativo ou site após esse período.

 

perfil

Nome e idade: Jhenifer Rodrigues, 21 anos

Curso e ano: Fotografia, segundo e último ano

Faculdade: Unoeste (Universidade do Oeste Paulista)

Cidade de origem: Birigui (SP)

 

Em sua opinião, qual a importância de programas que favoreçam mais acesso aos direitos dos jovens?

Para nós, jovens que moramos fora, a situação financeira é bem complicada. Muitas vezes, chegamos a um lugar sem emprego e contando apenas com a ajuda dos pais, então esses programas nos ajudam muito.

 

Que tipo de experiência você ainda não teria vivido se não fosse pelo ID Jovem?

O benefício me proporcionou ir a um evento de fotografia em Tiradentes (MG), no mês passado. Se não fosse pelo programa, não conseguiria participar, porque eu gastaria um total de R$ 400 com passagens. Foi uma viagem incrível e paguei apenas R$ 30 para ir e voltar. Cheguei sem conhecer ninguém, fiz vários contatos e encontrei uma casa para ficar. Então, eu pensei: se consegui ir para Minas Gerais, eu consigo ir para qualquer lugar.

 

Você acredita que o jovem ainda precisa de mais políticas voltadas para ele? Quais?

Por mais que tenhamos vários programas, como o ID Jovem, Prouni (Programa Universidade para Todos) e Sisu (Sistema de Seleção Unificada), acredito que são necessárias mais iniciativas voltadas para a área de cultura, que contribuem muito para o nosso desenvolvimento. Quando eu era adolescente, o teatro foi uma das coisas que me ajudaram muito, principalmente para falar em público e conversar com outras pessoas, porque eu tinha muita vergonha. Então penso que isso poderia beneficiar outras pessoas.

 

Neste ano, você termina o curso de Fotografia. Quais são os próximos passos?

Este ano, vou prestar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), pois quero tentar uma faculdade federal ou estadual e fazer uma graduação relacionada ao campo das humanas. Estou pesquisando mais sobre antropologia, ciências sociais ou audiovisual, que está bem ligado com o curso que eu faço. Depois, pensei em fazer um tour pelo Brasil ou um mochilão pelo nordeste, já que tenho o ID Jovem. O meu objetivo é conhecer pessoas e ONGs (organizações não governamentais) e fazer um trabalho voluntário relacionado à fotografia, porque, embora não seja remunerado, traz uma experiência muito boa. Em toda profissão, a gente nunca começa ganhando o que acha que vai ganhar, então o trabalho voluntário me ajudaria bastante e é uma coisa que eu gostaria muito de fazer.

 

dica de leitura

BLECAUTE

ANDRÉ ESTEVES
Da Redação

Aproveitando a participação do escritor Marcelo Rubens Paiva no Flitpp (Festival Literário de Presidente Prudente) no dia 31 de agosto, a dica de leitura desta semana é o livro “Blecaute”. Embora tenha sido escrito em 1986, a obra traz uma premissa muito compatível com a atual leva de filmes a respeito de eventos sobrenaturais que resultam em cidades fantasmas, a exemplo do atual sucesso de bilheteria “Um Lugar Silencioso”. Na obra, três amigos embarcam em uma viagem ao Vale do Ribeira e ficam presos em uma caverna após uma enchente bloquear a saída. Alguns dias depois, eles conseguem deixar o local, mas são surpreendidos por um fato inexplicável: todas as pessoas que aparecem em seu caminho estão paralisadas e eles são os únicos habitantes vivos do planeta. Com uma linguagem simples e direta, o livro apresenta uma jornada de sobrevivência e autodescoberta, na qual os personagens constatam, em meio a uma São Paulo vazia, que a liberdade, mesmo despida de regras e normas sociais, pode ser solitária.

 

Ficha técnica

Autor: Marcelo Rubens Paiva

Editora: Objetiva

Páginas: 216

Preço: R$ 33,56 (valores menores em sebos) 

 

agenda

 

SÁBADO (21/04)

Show: Francisco, El Hombre (Múltiplos Sons)

Local: Área de convivência do Sesc Thermas

Endereço: Rua Alberto Peters, 111 – Jardim das Rosas

Telefone: (18) 3226-0400

Horário: 16h

Convite: Grátis

Atividade: Sinônimo de uma corrente musical nômade e transcultural, Francisco, El Hombre apresenta um gênero batizado como Pachanga Folk, uma combinação babélica de sonoridades tradicionais e regionais latino-americanas cantada em espanhol com sotaque brasileiro e português com sotaque latino. Suas produções mais recentes ganharam ainda novos temperos como coco, cumbia, maracatu, salsa, samba e sopros de ciranda.

 

DOMINGO (22/04)

Esporte: Festival de Tênis de Praia

Local: Quadra de areia do Sesc Thermas

Endereço: Rua Alberto Peters, 111 – Jardim das Rosas

Telefone: (18) 3226-0400

Horário: 9h

Convite: Gratuito (Fazer inscrição: sescsp.org.br)

Atividade: Torneio misto para duplas iniciantes com o objetivo de promover o conhecimento e prática da modalidade, que consiste da utilização dos fundamentos do tênis, mas praticado em quadra de areia.

 

DOMINGO (22/04)

Artes visuais: Caricatura – Minha Cara, Meu Sorriso

Local: Bosque do Sesc Thermas

Endereço: Rua Alberto Peters, 111 – Jardim das Rosas

Telefone: (18) 3226-0400

Horário: 9h30 às 16h

Convite: Gratuito (Fazer inscrição: sescsp.org.br)

Atividade: A arte da caricatura nasceu na Itália e vem da palavra “caricare”, que significa exagerar, carregar. O objetivo é retratar de forma bem humorada e rapidamente os detalhes mais chamativos do rosto das pessoas e, assim, provocar risos e leveza no olhar para si mesmo. O artista Toni D’Agostinho espera o público para retratá-los desta maneira.

 

balada

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste