APOSENTADOS E PENSIONISTAS

Primeira parcela do 13º injeta R$ 117,9 milhões na região

Pagamentos iniciam na próxima semana, nos últimos cinco dias de agosto, e seguem até os cinco primeiros dias de setembro, conforme data de pagamento dos benefícios

  • 23/08/2019 04:01
  • GABRIEL BUOSI - Da Reportagem Local

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa na próxima semana, nos últimos cinco dias de agosto, a pagar metade do abono conhecido como 13º salário aos aposentados e pensionistas. Os depósitos ocorrem até os cinco primeiros dias de setembro, conforme data de pagamento dos benefícios, sendo que a outra metade será paga no fim do ano. As informações são do próprio instituto, que estima, ainda, com base em uma previsão da folha de pagamento de julho, que a injeção na região de Presidente Prudente deve ser de aproximadamente R$ 117,9 milhões.

Isso porque, conforme o INSS, em julho, o instituto pagou R$ 235,8 milhões para 161.679 aposentados e pensionistas, sendo o valor injetado o equivalente a 50% deste montante, por ser a primeira parcela. “Já na região da agência de Presidente Prudente, o INSS pagou, na folha de julho, R$ 99,3 milhões para  65.278 aposentados e pensionistas. A previsão é de que a primeira parcela do 13º corresponda a 50% do valor”.

Para a economista Josélia Galiciano Pedro, essa é a melhor oportunidade para que dívidas sejam quitadas e o planejamento familiar não seja afetado. “Liquidar as contas quando se recebe um dinheiro extra é sempre a melhor opção”. Isso porque, de acordo com a especialista, débitos antigos podem ser sinônimo de juros altos e caros, que fazem com que a situação “saia do controle”. “É neste momento de poupar que você evita um cheque especial e um empréstimo. Se sobrar, após quitar as dívidas, o indicado é colocar em uma poupança”, orienta.

Os idosos ouvidos pela reportagem estão no caminho certo, já que, conforme o aposentado de 72 anos, José Chaves, ao pegar o dinheiro no fim da próxima semana, a prioridade será o pagamento de algumas contas. “Acho que não vai sobrar não, mas já é uma ajuda, principalmente por se tratar do fim do ano e que temos tantos gastos”. O aposentado de 82 anos, Geraldo da Cruz, concorda com o amigo e ressalta que não fez planos durante o ano para o montante, que, para ele, deveria ser maior. “Além disso, acho que deveria ser um pagamento único e não em duas parcelas”.

Saiba mais

A região de Presidente Prudente abrange as agências da Previdência Social das seguintes cidades: Adamantina, Dracena, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Rancharia, Rosana, Martinópolis, Santo Anastácio, Teodoro Sampaio, Álvares Machado.