José Reis - Estão previstas pancadas isoladas de chuva acompanhadas de raios a partir desta tarde

Foto: José Reis - Estão previstas pancadas isoladas de chuva acompanhadas de raios a partir desta tarde

TEMPO INSTÁVEL

Previsão de chuvas se estende até hoje em Prudente

  • 03/09/2019 08:15
  • WEVERSON NASCIMENTO - Da Redação

Depois de 57 dias sem chuva em Presidente Prudente, ela chegou. Nos primeiros minutos de forma bem tímida, mas veio para aliviar o clima quente e seco que permanecia na região. “As chuvas de sábado e domingo já eram esperadas, pois tinha uma frente fria se aproximando que criou áreas de instabilidade e, consequentemente, algumas pancadas de chuvas – até mais do que se esperava, totalizando nos dois dias 23 milímetros de pancadas isoladas”, explica o climatologista Vagner Camarini.

Segundo o Climatempo, pelo interior, muitas cidades também começaram o dia debaixo de chuva, mas agora a tendência é de enfraquecimento. Sendo assim, no decorrer desta semana várias frentes frias vão passar pelo litoral de São Paulo e vão ajudar a manter o tempo instável em todo o Estado. Mas, segundo o instituto, somente hoje estão previstas pancadas isoladas e acompanhadas de raios a partir da tarde, em Presidente Prudente.

O que confirma o climatologista, o qual diz que não há previsões, apesar de haver áreas de instabilidade que giram em torno de menos de 10% de probabilidade em pontos isolados. “A tendência é de tempo firme, pois não temos previsões significativas na semana. Mas no decorrer do mês as chuvas aparecem com mais frequência e quantidade”, explica Camarini.

Queimadas

Conforme noticiado por este periódico, através dos dados obtidos pelo site de monitoramento do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), de janeiro a junho deste ano, a 10ª RA (Região Administrativa) do Estado de São Paulo registrou 403 focos de queimadas sendo que, no mesmo período do ano passado, o número foi de 919 focos registrados, ou seja, uma queda de 56,14%.

Por mais que tenha apresentado uma queda no número de ocorrências, Prudente, nos últimos dias, foi alvo de focos de queimadas.

Segundo o 1º-tenente do 14º GB (Grupamento de Bombeiros), Marcos Antônio Machado Junior, o período de estiagem geralmente atinge a região de maio até agosto, com isso, a população sofre com as queimadas, principalmente as ocasionadas em terrenos ou pastagens. “O período de chuvas é importantíssimo para melhorar a qualidade do ar, a umidade e, principalmente, para segurar os focos de queimadas em pastagens secas. O que nos ajuda a combater onde havia focos de incêndio”. Por fim, relata que o volume de chuvas é considerado “bom”, mas após o período aproximado de cinco dias, a pastagem volta a ficar seca, o que intensifica possíveis focos de queimadas.