Presos na 4ª fase da Operação Ethos serão ouvidos na região

Mandados de prisões para oito pessoas foram realizados em cidades do Estado; suspeitos faziam comunicação entre cúpula

ROBERTO KAWASAKI - Da Redação • 10/05/2018 21:09:39

Na manhã de ontem, a Polícia Civil deflagrou a 4ª fase da Operação Ethos em sete cidades do Estado de São Paulo. Conforme informações do delegado Everson Aparecido Contelli, de Presidente Venceslau, foram expedidos oito mandatos de prisões preventivas para possíveis participantes de uma célula que fazia a comunicação dentro e fora dos presídios. Os presos serão encaminhados à delegacia de Presidente Venceslau, onde serão ouvidos.

Conforme explica o delegado, a célula era formada por um grupo de pessoas que realizava a comunicação entre o exterior e interior dos presídios, onde estão os integrantes da cúpula da maior facção criminosa do Estado de São Paulo. Na ação desenvolvida, mensagens das lideranças do grupo eram transportadas, bem como as respostas e, a partir disso, pessoas eram contratadas como “pombos correios” para darem continuidade aos processos. Formada possivelmente por mulheres, o trabalho também facilitava a entrada de objetos ilícitos nas unidades prisionais.

A ação contou com a participação de 50 agentes de Presidente Venceslau e da capital paulista, dentre as localidades em que os mandados ocorreram está São Paulo, Itapecerica da Serra (SP), Taubaté (SP), Sumaré (SP), Campinas (SP), Mogi das Cruzes (SP) e Itaquaquecetuba (SP). Após as prisões, os possíveis envolvidos serão encaminhados à Delegacia de Polícia Judiciária de Presidente Venceslau, onde serão ouvidos e permanecerão à disposição da Justiça.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste