Preparando o profissional

  • 24/01/2020 04:29
  • Ana Paula Ambrósio Zanelato Marques

Como um professor pode ajudar a preparar um profissional do futuro? Esta é uma pergunta inquietante para muitos docentes. Principalmente para aqueles que refletem constantemente sobre sua prática pedagógica na busca pela construção de novos saberes. E o fardo torna-se ainda mais pesado para aqueles que acreditam que possuem como legado o desenvolvimento de seus aprendizes em profissionais, sobretudo humanos, mas preparando-os para atuarem em um mundo complexo e desafiador, cujo mercado de trabalho está em constante transição.

Atualmente, as empresas exigem profissionais com habilidades de trabalho em equipe e capacidade de resolução de problemas, que saibam lidar com desafios, de modo que possam colaborar com seus colegas e ainda serem pró-ativos.

Neste contexto, os professores e as instituições de ensino devem ir além do processo de construção de conhecimento dos estudantes, propiciando o desenvolvimento de habilidades fundamentais para a preparação dos mesmos como quando profissionais, por meio de um processo ativo de aprendizagem, estimulando o discente a ser protagonista do seu desenvolvimento, exercendo sua criatividade, com pensamento crítico, de forma autônoma e responsável.

O professor deve ser um mediador, que facilita e articula o conhecimento para os estudantes, alinhando a teoria com a prática, por meio de experimentações que envolvam os estudantes em contextos reais, simulando situações que deverão enfrentar como profissionais no mercado de trabalho.

Os métodos ativos podem auxiliar o docente nesta missão, muitos são aplicados na aprendizagem e no ensino, como a aprendizagem baseada em problemas, aprendizagem por projetos, Peer Instruction (Instrução por pares), Team Based Learning (aprendizagem baseada em equipes), entre outros.

O método Team Based Learning utiliza-se de atividades que propiciam a tomada de decisões, a discussão aberta e democrática, além da solução de problemas complexos. A tecnologia também pode ser empregada em conjunto com a aplicação dos métodos, para a metodologia Team Based Learning, o software TBL Active (www.tblactive.com) auxilia os docentes na aplicação, com feedback imediato e relatórios de acompanhamento, além de ser uma ferramenta lúdica e motivacional.

Assim, o estudante torna-se o centro do processo de ensino e aprendizagem, vivenciando experiências, motivando-se nas atividades de assimilação e construção do conhecimento, desenvolvendo habilidades de pensamento crítico, trabalho em equipe, autonomia, colaboração e de aprender por si próprio, preparado para interagir e atuar em um mercado de trabalho cada dia mais volátil e dinâmico.

 

ÚLTIMAS DO AUTOR

Ana Paula Ambrósio Zanelato Marques

Ana Paula Ambrósio Zanelato Marques

Ana Paula Ambrósio Zanelato Marques é professora do curso de Sistemas de Informação da Toledo Prudente Centro Universitário. A docente também é desenvolvedora do software TBL Active, para metodologias ativas

PUBLICIDADE