José Reis - Calçadas eram exclusivas para vasos de concreto com plantas, que tomavam todo o espaço

Foto: José Reis - Calçadas eram exclusivas para vasos de concreto com plantas, que tomavam todo o espaço

ACESSIBILIDADE

Prefeitura de Prudente retira floreiras de calçadas

Materiais estavam instalados na Avenida Manoel Goulart, entre a Avenida Brasil e a Rua Mendes de Moraes, no centro de Presidente Prudente

  • 07/06/2019 05:29
  • THIAGO MORELLO - Da Redação

A Prefeitura de Presidente Prudente realizou a remoção das floreiras antes instaladas nas calçadas da Avenida Manoel Goulart, entre a Avenida Brasil e a Rua Mendes de Moraes. Até então, as calçadas eram exclusivas para vasos de concreto com plantas, que tomavam todo o espaço e levavam os pedestres a circularem pela rua, expostos a riscos de atropelamento e outros acidentes de trânsito.

Aliás, o quesito acessibilidade foi justamente o que motivou a ação no local, conforme informado pela administração municipal através da Secom (Secretaria Municipal de Comunicação). “As floreiras foram retiradas  para que exista uma maior acessibilidade das calçadas, que serão aumentadas”, complementa.

É que as floreiras, ainda segundo reiterado pela Prefeitura, estavam impedindo a passagem de pedestres e, como o local está sendo revitalizado, a calçada também será ampliada. “No momento não existe uma obra já programada, mas poderá ocorrer o mesmo fato em outros locais se for constatado que há necessidade de ampliar a segurança dos pedestres”, completa a secretaria.

Revitalização

No final do mês passado, como noticiado por esse diário, foi concluída a primeira fase de revitalização do Túnel Pioneiro João Batista Horta, que liga a Avenida Manoel Goulart aos bairros pela Rua Mendes de Moraes, que faz parte de todo o perímetro a ser revitalizado. O espaço recebeu uma pintura, feita pelo publicitário e responsável pela intervenção artística, Richard de Almeida.

A obra traz uma proposta em que os veículos interagem com a arte no qual os túneis simulam os eixos de um vagão. “A ideia é tentar dar um pouco mais de alegria e um visual que levante o astral de quem passar pelo local”, como anteriormente mencionado pelo interventor.