Preços de genéricos têm diferença de até 331%

ROBERTO KAWASAKI - Da Redação • 07/06/2018 09:45:42

Pesquisa analisou preços de 58 medicamentos em Prudente. Foto: Arquivo

A Fundação Procon-SP (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo) divulgou ontem uma pesquisa que mostra a comparação de preços de medicamentos em estabelecimentos comerciais de Presidente Prudente. Realizada entre os dias 9 e 11 de maio deste ano, o estudo envolveu 10 drogarias, onde foram analisados os preços de 58 medicamentos de referência e genéricos. Segundo os dados, há embalagens do mesmo remédio genérico que podem ser encontradas com valores mais caros, de até 331,25%. Já as mesmas caixas de medicamentos de referência demonstraram ser 136,33% mais caras nos estabelecimentos da cidade.

Conforme a pesquisa, a maior diferença de preço da mesma caixa de medicamento de referência foi encontrada na embalagem de 400 mg do Zentel – Albendazol, que apresentou preços variantes entre R$ 5,45 e R$ 12,88, o que representa uma diferença no valor absoluto de R$ 7,43. Já entre os remédios genéricos, quem apresentou a maior diferença de preço foi a embalagem de 75 mg/ml do Simeticona, encontrado nas drogarias com a variante entre R$ 10,35 e R$ 2,40. Isso significa que o consumidor poderia estar pagando R$ 7,95 mais barato no mesmo medicamento.

Em explicação à diferença dos valores, a pesquisa informa que foram verificados diversos fatores que podem determinar o preço no segmento do mercado, tais como a aplicação de descontos, que pode variar de acordo com as condições locais, rentabilidade da loja e condições comerciais de compra. Outro fator citado é de que há redes que são regidas pelo sistema de franquia, o que não possibilita uma política única de preços entre os franqueados.

 

SERVIÇO

Para que o consumidor possa economizar durante a compra de um remédio, é importante que seja feita uma pesquisa de preço nas tabelas dos estabelecimentos. Para facilitar a busca, é possível acessar o site www.anvisa.gov.br, em que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) disponibiliza uma lista com os preços máximos dos medicamentos.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste