Inova Prudente - Coworking é destinado a quem quer se conectar e encontrar uma oportunidade de articulação

Foto: Inova Prudente - Coworking é destinado a quem quer se conectar e encontrar uma oportunidade de articulação

INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO

PP: vanguarda da tecnologia

Município tem o primeiro Coworking Municipal de Tecnologia e Inovação do Brasil, instalado na Fundação Inova, além de incubadora de ideias, laboratórios e acelerador de startup

  • 14/09/2019 11:05
  • PEDRO SILVA E WEVERSON NASCIMENTO - Da Redação

Antes, para abrir um negócio, a primeira dúvida que vinha em mente era – onde instalá-lo? Hoje essa questão pode ser resolvida através de coworking, um local que pode ser caracterizado por um espaço de inovação e empreendedorismo, destinado às pessoas que querem se conectar e encontrar no ambiente uma oportunidade de articulação. Atualmente, Presidente Prudente se encontra na vanguarda de desenvolvimento com o primeiro Coworking Municipal de Tecnologia e Inovação do Brasil, na Fundação Inova. O ambiente conta com aproximadamente 2 mil m² (metros quadrados), além de uma incubadora de ideias, acelerador de startup, salas de reuniões, laboratórios e espaços para trabalhos coletivos que hoje atendem, regularmente, 25 pequenos negócios.

De acordo com o titular da Setec (Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação), Rogério Marcus Alessi, trata-se de um espaço em que o empreendedor pode testar o modelo de negócio, se desenvolver e atender o cliente. “Isso tem colaborado para que os profissionais liberais tenham mais uma opção para desenvolver o trabalho, ao invés de ficar em casa, por exemplo. Então, ele vem aqui para a Inova e tem toda a estrutura para se desenvolver profissionalmente”, pontua.

Hoje, o centro de inovação é um complexo com infraestrutura e serviços capazes de promover o desenvolvimento de empreendedores e pequenas empresas, a pesquisa aplicada para a melhoria ou criação de novos produtos ou processos, objetivando a inovação.

Dentro das ofertas da Inova Prudente, atualmente existe a possibilidade de credenciar pessoas físicas para abertura de novas empresas e as pessoas jurídicas já existentes para permitir a transferência de sua sede fiscal e administrativa e suas operações nas dependências da fundação, nos termos dos artigos 2º, 13 e 15 da Lei Municipal 9370/2017, utilizando-se, assim, o endereço da Inova para abrigar as empresas nos termos do edital de seleção. Além disso, foi criada recentemente a Lei 9.861/2019, que permite que os coworkers da cidade tenham a permissão para que a empresa seja criada dentro da unidade.

 

INOVATEC DEVE SER LANÇADO EM OUTUBRO

Dentre as grandes novidades do setor, Rogério destaca o programa Inovatec, que permite que empresas condizentes com o estatuto da iniciativa possam pedir isenção de taxas e tarifas, e redução em 60% no ISS (Imposto Sobre Serviços), o que segundo ele, é “a menor alíquota permitida por lei federal que é de 2% [atualmente é de 5%]”.

“Vamos lançar em outubro o Inovatec, um programa de apoio e incentivo fiscal para startups e pequenas empresas de base tecnológica. Esta lei já foi sancionada no início deste ano, mas como sofreu alterações ampliando sua base de incidência, só podemos aplicá-la no exercício seguinte”, comenta o secretário.

ÚLTIMAS DO AUTOR