Arquivo - Na segunda, se houver doses no estoque, a campanha será aberta à população geral

Foto: Arquivo - Na segunda, se houver doses no estoque, a campanha será aberta à população geral

ÚLTIMA CHAMADA!

PP recebe doses de vacina contra gripe e público-alvo tem 2 dias para procurar postos

Após desabastecimento na cidade, Vigilância Epidemiológica Municipal disse que hoje e amanhã a imunização será direcionada aos grupos prioritários

  • 06/06/2019 04:03
  • GABRIEL BUOSI - Da Redação

Hoje e amanhã, os grupos prioritários atendidos pela Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe poderão buscar nos postos de saúde de Presidente Prudente a imunização, mesmo com o fim da campanha direcionada ao público específico. Isso foi possível, já que ontem a Prefeitura recebeu o último lote previsto para a ação, com nove mil doses, que a princípio devem atender a demanda da meta do público-alvo. De acordo com a supervisora da VEM (Vigilância Epidemiológica Municipal), nestes dois dias o público que ficou desatendido na sexta-feira – quando houve o desabastecimento da vacina no município – será atendido, como uma forma de compensação. Na segunda-feira, se houver doses no estoque, a campanha será aberta à população geral.

Ainda de acordo com Elaine, o Ministério da Saúde “dá o respaldo” para que o município adote tais estratégias, que poderão fazer com que a cidade alcance a meta de 90%. Ela lembra ainda que, segundo o GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica), essa foi a última remessa de doses enviadas para a cidade, sendo também a última oportunidade de imunização para os trabalhadores da saúde, idosos, puérperas, gestantes e crianças com mais de seis meses e menores de seis anos.

Vale destacar que há uma semana a VEM divulgou um balanço, às vésperas do fim previsto para a campanha, que apresentava um cenário em que a cidade tinha dificuldades em atingir a meta estabelecida. À época, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, do total de pessoas que integram algum grupo prioritário em Prudente, sendo 67.269, haviam sido vacinadas 55.908, o que compreendia a 83,11%. Para chegar aos 90%, desta forma, seria necessário imunizar, pelo menos, 60.542, o que abre a possibilidade para a “sobra” de vacinas para a população a partir de segunda, já que, das nove mil recebidas ontem, seriam necessárias 4.634 para a meta ser alcançada.

Desabastecimento

Este diário noticiou na semana passada que o que era para ser o último dia da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, sexta, foi marcado pelo desabastecimento de doses nas unidades de saúde de Prudente. À época, a VEM relatou que no dia 28 de maio enviou ao Estado um aviso que as doses não seriam suficientes para o atendimento até o último dia, mas ressaltou que a resposta foi de um cenário de desabastecimento também no GVE.

Na época, para entender de quem era a “culpa”, a reportagem entrou em contato com o Ministério da Saúde, que esclareceu que “todas as vacinas para a campanha já haviam sido enviadas aos Estados, que consecutivamente fazem a distribuição para os municípios de acordo com o público-alvo”. O Estado, por outro lado, informou que o GVE redistribuiu as doses contra a gripe conforme a demanda de cada local e afirmou que as prefeituras são responsáveis por abastecer a rede de postos de saúde e gerenciar seus estoques de doses.

Essa, no entanto, não era a mesma realidade informada pela VEM, já que, segundo Elaine, como as doses são enviadas de forma fracionada, não há como, no início da campanha, garantir que todo o público será imunizado se não houver reposição por parte do Estado.