Pouco é necessário para uma pessoa sorrir!

  • 07/02/2020 04:00

Nada é mais lindo que o sorriso espontâneo de uma criança! E nem é preciso “muito” para que isso aconteça! Mas, infelizmente, o pouco para alguns, financeiramente, é muito para outros. Acreditem, existem muitas crianças que ainda não conhecem um shopping, que nunca foram assistir a um filme em um cinema, que nunca foram a um clube. Mas, que bom que, hoje, também, existem projetos/programas municipais, empresas e outras instituições que se preocupam com os menos favorecidos e lhes dão oportunidade e acessibilidade a cultura e o lazer.

Anteontem, o Circo Moscou, a pedido da Prefeitura de Presidente Prudente, abriu suas cortinas para milhares de pessoas, crianças e adultos, atendidos em várias entidades sociais de Presidente Prudente, em duas especiais sessões “Solidárias”. Uma de manhã e outra à tarde.

O circo, que está na quarta geração, já possui o hábito de praticar importantes ações sociais em cada cidade que passa. E que bom que desta vez promoveu, gratuitamente, a alegria de muitos pequenos que talvez não teriam como pagar o ingresso para assistir a um espetáculo. “É mais importante um sorriso que um ingresso pago”, destacou em entrevista publicada na edição de ontem deste diário, o representante do circo, Wili Palacio.

Teve criança que foi ao circo pela primeira vez! Que o palhaço a fez sorrir. Dá para acreditar nisso? Pois é. Muitas vezes esquecemos de olhar ao lado, de fazer um tour por nossa própria cidade e desconhecemos as necessidades de muitas, muitas pessoas. Que bom se temos para dar o melhor que podemos aos nossos filhos, netos, sobrinhos... Mas, acredite não existe sensação mais gostosa que poder oferecer “um pouquinho” do “muito” que damos aos nossos, a uma criança carente. Ou a um adulto também que não teve a oportunidade que tivemos.

Por isso, não precisamos esperar campanhas, como por exemplo, do agasalho, para doar aquelas roupas e calçados que não mais usamos e estão apenas ocupando espaço no armário. O Natal sem Fome, para doar uma cesta básica, uma caixa de leite, ou um sacolão a uma família em que os chefes do lar estão desempregados. Ou ainda o Natal Mais Feliz para doar aquele brinquedo que nossas crianças não querem mais!

Todos os dias podemos fazer uma pessoa sorrir!