Policiamento rodoviário: ação além do combate aos crimes

  • 11/01/2020 04:00

Eles são considerados os heróis das rodovias paulistas. Diariamente, trabalham no combate à criminalidade, cometimento das infrações de trânsito, com ações que resultam na garantia da segurança dos viajantes do Estado de São Paulo. Estas são algumas das ações que fazem parte do dia a dia do Comando de Policiamento Rodoviário, órgão de execução da Polícia Militar, que celebrou ontem o aniversário de 72 anos.

Como noticiado na edição online deste diário, na região de Presidente Prudente é comandado pelo 2º Batalhão de Policiamento Rodoviário, e tem no município a sede da 2ª Companhia. Ela é composta por homens e mulheres de farda que têm se destacado em diversas ocorrências noticiadas por este diário. Apesar do trabalho conjunto, destaca-se a atuação do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) que, nos últimos anos, tirou de circulação quantidade recorde de drogas nas rodovias.

Consequentemente, o Comando contribuiu para a redução dos índices de criminalidade na região, título que é referência no Estado. No entanto, a atuação dos militares não se limita apenas no combate aos crimes, mas em salvar vidas! Em dezembro passado, policiais rodoviários da base operacional em Rosana salvaram a vida de um bebê de 16 dias que chegou desacordado ao posto. A manobra de reanimação foi prestigiada, o que garantiu reconhecimento.

Além desta, policiais também já participaram de partos, primeiros-socorros às vítimas de acidentes, a manutenção da calma em um momento tão difícil na vida de muitos: a perda de um ente querido. A atitude foi visível em casos acompanhados in loco pela reportagem. É aí que o profissional precisa controlar o lado humano para que não demonstre a possível fragilidade emocional.

A responsabilidade, que vai além de garantir a segurança viária aos usuários das rodovias, é a de garantir a ordem e levar conhecimento em ações junto à sociedade, para que esta esteja ciente de que o trabalho em conjunto trará bons resultados para o bem-estar da comunidade. Parabéns, aos heróis de farda!