Teodoro Sampaio

Polícia prende 5 acusados por tiros contra prefeito

Buscas também resultaram em apreensão de par de calçados, semelhantes às marcas encontradas no local do crime, e outros objetos

ROBERTO KAWASAKI - Da Redação • 07/11/2018 13:53:14

Par de calçados foi encontrado durante buscas realizadas ontem em imóveis. Foto: Polícia Civil

Na manhã de hoje, a Polícia Civil em Teodoro Sampaio deflagrou a operação policial Odin, relacionada à investigação sobre a tentativa de homicídio contra o prefeito Ailton César Herling (PSB). O crime ocorreu na noite do dia 4 de outubro, quando o chefe do Executivo estacionava seu veículo na garagem da residência de seu pai, momento em que foi recebido a tiros por dois indivíduos. Durante este período, as investigações avançaram e cinco prisões temporárias foram decretadas, sendo um em Teodoro, três em Presidente Prudente e uma em Regente Feijó.

Ainda, foram expedidos sete mandados de buscas domiciliares, a fim de contribuir para a investigação. Segundo o delegado Edmar Rogério Dias Caparroz, titular da Delegacia de Polícia Civil em Teodoro Sampaio, “a operação é o resultado de um intenso trabalho investigativo e do cotejamento de ferramentas tecnológicas que apontaram o envolvimento desses indivíduos com o crime investigado”.

De acordo com a autoridade responsável pelo caso, os investigados prestaram depoimento hoje pela manhã e serão encaminhados à Cadeia Pública de Presidente Venceslau. “Eles não chegaram a confessar a participação no crime, uma vez que alguns se limitaram a falar apenas na base judicial”, afirma o delegado, que não descarta um possível desdobramento da investigação.

Durante as buscas ocorridas ontem, foi apreendido um par de sapatos semelhantes às marcas deixadas por um atirador no dia do crime, escovas de dente e amostras para confrontar com os cigarros encontrados no local dos fatos. Além dos materiais, celulares também serão periciados.

Relembre o caso

Como noticiado por este periódico, o chefe do Executivo chegava de veículo com a esposa à casa do pai, por volta de 22h30, quando avistou dois indivíduos no quintal da residência. Segundo relato do prefeito à Polícia Civil, no momento em que perceberam a presença do casal, um dos acusados efetuou um disparo com arma de fogo em direção a Ailton.

Diante da ação, ele seguiu em direção ao carro e, em posse de um revólver de sua propriedade, revidou ao tiro e efetuou um segundo disparo que atingiu o muro do imóvel. Segundo o delegado, não houve feridos e os acusados conseguiram fugir pulando muros da vizinhança.

 

 

 

 

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste