Polícia Civil: Prisões ocorreram durante mandados em cidades do Estado

Foto: Polícia Civil: Prisões ocorreram durante mandados em cidades do Estado

PRISÕES

Polícia ouve suspeitos de roubo em Pirapozinho

Adolescente de 17 anos é o suspeito de ter atirado contra o funcionário de frigorífico, e levado a maleta com aproximadamente R$ 112 mil; rapaz de 24 também foi detido

  • 02/05/2019 18:11
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

A Polícia Civil deverá ouvir nesta noite os dois homens acusados por assaltarem o funcionário de um frigorífico, enquanto o mesmo seguia a uma agência bancária em Pirapozinho, em abril deste ano. Na ocasião, o homem foi alvejado por um tiro. Os suspeitos, 17 e 24 anos, foram detidos na operação Pecus, que cumpriu quatro mandados de busca em cidades do Estado de São Paulo.

De acordo com a polícia, dois ocorreram em São Paulo (SP), um em Taboão da Serra (SP) e outro em Bauru (SP). Além dos presos, uma pessoa também foi conduzida à região e esta servirá como testemunha do crime. Segundo a investigação, os acusados são moradores de Taboão da Serra e da capital paulista.

Ação criminosa

O crime ocorreu no dia 3 de abril. Como noticiado por este diário, dois homens assaltaram o funcionário de um frigorífico no início da tarde, enquanto o mesmo seguia a uma agência bancária no centro da cidade. De acordo com as informações da Polícia Militar, além de levar R$ 112 mil que a vítima estava portando, um dos indivíduos ainda efetuou um disparo com arma de fogo na mão do rapaz e fugiu em um veículo.

Conforme a investigação da Polícia Civil, o suspeito do disparo é o adolescente de 17 anos, que também subtraiu a maleta. Durante o andamento do caso, os agentes chegaram a suspeita de que o outro homem detido nesta manhã em São Paulo seria o proprietário do veículo utilizado na fuga. Depois de prestarem depoimentos, serão encaminhados à cadeia pública de Presidente Venceslau e Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente).