ATENÇÃO REDOBRADA

Polícia orienta população sobre ação de criminosos durante o carnaval

A fim de garantir a segurança de quem irá curtir os famosos “bloquinhos”, a reportagem preparou algumas dicas para não se tornar alvo de furtos e roubos

  • 03/03/2019 07:30
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

A maior festa popular brasileira já começou. Desde a semana passada, as festas de comemoração ao carnaval têm atraído diversos amantes da folia em festas de bares, clubes fechados e ruas. Apesar de os dias serem motivo para diversão, é importante ficar atento quanto às ações de criminosos que aproveitam da distração dos foliões para furtar ou roubar objetos pessoais, como aparelhos celulares. A fim de garantir a segurança de quem irá curtir os famosos “bloquinhos”, a reportagem preparou algumas dicas para que não seja vítima dos bandidos.

De acordo com o capitão e comandante da 1ª Companhia da Polícia Militar em Dracena, Marcelo Cavalcante, o alerta é necessário à população. “O furto é o crime cometido sem violência, quando o autor subtrai o objeto sem que a vítima perceba. Este é um crime de difícil prevenção, pois a maioria das ocorrências é em ambientes fechados: comércio, bares, restaurantes, na própria residência e em locais públicos, com grande aglomeração de pessoas”, explica Cavalcante.

Desta forma, é necessário que a atenção seja redobrada para que a prevenção seja levada em conta, para impedir a ação dos criminosos. São diversos os objetos que atraem a atenção dos furtadores, mas, segundo Marcelo, os que possuem elevado valor comercial e a fácil portabilidade são alguns dos fatores que atraem a atenção de pessoas mal-intencionadas. Para que as pessoas fiquem atentas a isso, a Polícia Militar do Estado de São Paulo preparou algumas dicas ao leitor.

 

Dicas para evitar ação de criminosos

- Mantenha o celular sempre em sua posse e contato visual, jamais o deixando sobre balcões, mesas ou outro local de acesso público;

- Não guarde o aparelho no bolso de trás de suas vestes, especialmente em locais com grande aglomeração de pessoas;

- Não ostente. Use apenas o necessário;

- Evite andar distraidamente pelas ruas, manuseando o aparelho ou efetuando ligações;

- Instale aplicativo rastreador em seu aparelho, caso seja possível.

 

O que fazer, caso seja vítima de furto ou roubo

- Ative o rastreador e acione imediatamente a polícia;

- Se o fato ocorreu há poucos instantes, ou o ambiente for monitorado por câmeras de vigilância, bem como houver suspeitas quanto a autoria, também acione imediatamente a Polícia Militar, para que sejam realizadas diligências visando à prisão do autor e recuperação do objeto; 

- Não havendo suspeitas, ainda assim avise a polícia: registre um boletim de ocorrência, que pode ser feito no site (www.policiamilitar.sp.gov.br) e, com o código Imei em mãos, solicite à operadora o bloqueio do aparelho. Imei é uma espécie de RG do aparelho celular. Para obtê-lo é bem simples: digite *#06#.

Fonte: Polícia Militar