Polícia Civil: Materiais serão analisados no decorrer da investigação

Foto: Polícia Civil: Materiais serão analisados no decorrer da investigação

ESPECTRO

Polícia investiga abertura de 30 empresas de fachada

Grupo criminoso realizava operações financeiras fraudulentas visando à obtenção de vantagem ilícita em diversas cidades do Brasil, inclusive na região

  • 12/06/2019 19:15
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

A Polícia Civil em Teodoro Sampaio deflagrou nesta manhã a Operação Espectro, que investiga um grupo criminoso que atua na abertura de empresas fantasmas para a realização de operações financeiras fraudulentas visando à obtenção de vantagem ilícita. Conforme o Deinter-8 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior), o Poder Judiciário expediu sete mandados de busca domiciliar, o que resultou na apreensão de materiais relacionados à investigação.

No decorrer da investigação, a polícia verificou que foram abertas mais de 30 empresas de fachada que estavam registradas em nomes dos investigados e de outras pessoas em diversos municípios. Dentre eles, Teodoro Sampaio, Mirante do Paranapanema, Novo Horizonte (SP), Muritinga do Sul (SP), Urupês (SP), Brumadinho (MG), Recife (PE), Triunfo (PE), Salvador (BA), Paragominas (PA) e Itaguajé (PR).

De acordo com a Polícia Civil, com o registro das empresas os investigados providenciavam a abertura de contas em instituições bancárias, e a consequente obtenção de talonários de cheques e cartões de crédito para a aquisição de produtos diversos. O delegado Edmar Rogério Dias Caparroz afirma que as investigações prosseguem e, o próximo passo, é a análise de documentos, aparelhos celulares, dispositivos eletrônicos de armazenamento de dados e computadores.