Polícia apreende itens sem nota

THIAGO MORELLO • 01/03/2018 13:21:50

 

Uma ocorrência de contrabando acabou na apreensão de 2.621 produtos desprovidos de nota fiscal, avaliados em R$ 1 milhão pela Polícia Militar Rodoviária, que atendeu a ocorrência. Segundo as informações do próprio policiamento, os produtos, oriundos do Paraguai, estavam em poder de dois passageiros de um ônibus, com destino à capital paulista. A abordagem foi realizada no km 648 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), na noite de anteontem, em Presidente Epitácio.

 

À reportagem, a polícia conta que o resultado foi da apreensão de “vários produtos eletrônicos”. De forma detalhada, são 1.000 aparelhos celulares, um Mack book (Apple), 20 relógios, 300 cartões de memórias, 300 pen drives e 1.000 carregadores celulares. Os itens foram localizados em um fundo falso no assoalho dos dois coletivos, escondidos em caixas.

Questionados, os dois homens, sendo um de 35 anos e o outro de 50, ambos paraguaios, alegaram que os produtos foram adquiridos em Concepción, no Paraguai. A ideia era encaminhá-los até o bairro do Brás, em São Paulo. Para a realização do serviço, eles ganhariam R$ 4,5 mil. Com isso, eles receberam voz de prisão em flagrante e foram encaminhados à Polícia Federal de Presidente Prudente, onde permaneceram na carceragem e as mercadorias ficaram apreendidas.

Até o fechamento desta edição, a Assessoria de Imprensa da PF declarou que os dois envolvidos passavam por audiência de custódia, na tarde de ontem, e o juiz ainda não tinha decidido se seriam liberados ou encaminhado à prisão preventiva. Posteriormente, uma vez optando pelo encarceramento, os paraguaios seriam direcionados à Cadeia Pública de Presidente Venceslau ou ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Caiuá.

 

Operação

O caso de contrabando fez parte de uma das ocorrências que contemplaram a Operação Preservando Vidas, do policiamento rodoviário, realizada na terça-feira na malha viária regional. Dentre as atividades, foram averiguadas o controle de velocidade, inibição de ultrapassagens em locais proibidos, uso de cinto de segurança e equipamentos de contenção, ações voltadas a condutores de motocicletas, veículos transitando com equipamentos em mau estado de conservação, coibição do consumo de bebidas alcoólicas por condutores nas rodovias, além do trabalho de combate a ilícitos penais.

O trabalho do efetivo, por meio das equipes do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário), resultou, ademais ao contrabando, em 584 abordagens de veículos, sendo 362 com autuações. Também houve a realização de 128 testes de etilômetro, resultando em um flagrante de embriaguez ao volante; 13 veículos autuados por mau estado de conservação; 599 flagrantes de excesso de velocidade (radar); 40 registros de ultrapassagens em local proibido, 26 infrações em motocicletas; 56 pessoas flagradas sem o cinto de segurança; entre outras autuações, conforme o policiamento. Além disso, veículo com queixas de roubo e apropriação indébita foram recuperados em Rosana.

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste