Polícia Militar Rodoviária - Drogas estavam no porta-malas do veículo abordado

Foto: Polícia Militar Rodoviária - Drogas estavam no porta-malas do veículo abordado

2 PRESOS

Polícia apreende 98,7 kg de maconha que seriam entregues em Prudente

Condutor de veículo alegou que receberia R$ 3 mil para transportar a droga do Mato Grosso do Sul ao interior paulista

  • 23/03/2020 13:31
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

No domingo, a Polícia Militar Rodoviária prendeu um casal que transportava 98,7 kg de maconha em um carro na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Bernardes. Conforme o motorista, ele receberia uma recompensa em dinheiro para deixar a droga em Presidente Prudente, mais precisamente em uma praça.

O flagrante ocorreu no começo da tarde. De acordo com o policiamento rodoviário, uma equipe do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) abordou o veículo Fiat/Uno Mille EP, com placas de Antônio João (MS). Dentre dele havia um homem de 28 anos e uma mulher de 25, ambos moradores de Ponta Porã (MS).

No decorrer da fiscalização, os militares sentiram “forte cheiro” de maconha de dentro do veículo – além de já terem suspeitado do nervosismo apresentado pelo casal, bem como das respostas desencontradas acerca da viagem.

Diante disso, a polícia iniciou buscas nos pertences dos abordados e em todo o carro. Foi então que, ao abrirem o porta-malas, os militares encontraram 89 tabletes de maconha. Eles estavam embalados e sobrepostos uns aos outros.

CONTRATO POR

TELEFONE

De acordo com o policiamento, o homem alegou que havia recebido uma ligação telefônica – de uma pessoa desconhecida, que ofereceu R$ 3 mil para que ele buscasse a droga no terminal rodoviário de Ponta Porã e, na sequência, fizesse o transporte até Presidente Prudente.

Na cidade, deixaria os tabletes com outra pessoa em uma praça. Segundo a polícia, ele disse ter aceitado o “serviço” porque está desempregado e com o filho passando por necessidades básicas, além de atraso na pensão alimentícia.

Já a mulher que também estava no veículo disse que desconhecia a existência da droga, e que estava indo junto com o namorado para conhecer seus pais, que residiam em Prudente.

Depois do flagrante, os acusados receberam voz de prisão por tráfico de drogas e foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Presidente Bernardes, onde permaneceram em cárcere.

Além da apreensão da droga e do veículo, a polícia recolheu R$ 20 e dois aparelhos celulares. Os eletrônicos serão periciados para posterior andamento da investigação.