Polícia Militar Rodoviária: Acusada disse que não sabia que dentro da almofada havia droga

Foto: Polícia Militar Rodoviária: Acusada disse que não sabia que dentro da almofada havia droga

NARCOTRÁFICO

Polícia apreende 3 kg de haxixe dentro de almofada

Passageira de um ônibus disse que ganhou o objeto do tio, e que não sabia que dentro dele havia entorpecentes

  • 11/07/2019 17:11
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

Na noite de quarta-feira, a Polícia Militar Rodoviária prendeu em flagrante a passageira de um ônibus, acusada por tráfico de drogas. Dentro de uma almofada, os policiais localizaram aproximadamente 3 kg de haxixe. O flagrante ocorreu na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Venceslau.

A equipe do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) abordou o ônibus de itinerário Ponta Porã (MS) a São Paulo (SP). Dentro dele havia 19 passageiros. Quando os militares entraram no veículo, a acusada que estava sentada na poltrona do fundo demonstrou nervosismo e respostas desencontradas sobre a viagem.

O fato resultou em buscas minuciosas nos pertences. Embaixo da poltrona, a polícia encontrou a almofada onde estavam armazenados os tabletes de haxixe.

Presente do tio

Em entrevista com os policiais, informou que ganhou a almofada de um tio, morador de Coronel Sapucaia (SP). Conforme a passageira, o pertence seria levado ao Rio de Janeiro (RJ), e disse que não tinha conhecimento de que dentro dela havia entorpecente.

Diante das evidências do tráfico de drogas, a acusada recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil em Presidente Venceslau para que fossem tomadas as medidas de Polícia Judiciária.

Depois de apresentada ao plantão policial, passou a madrugada em cárcere no aguardo da audiência de custódia.